[ editar artigo]

Não deixe para amanhã!

Não deixe para amanhã!

Sabe... quem quer faz, quem não quer arruma desculpa!

Não culpe aos outros pelo seu insucesso, doença, infelicidade ou pobreza! Seja protagonista da sua história!

Assumir a sua parcela de responsabilidade pelas coisas te tira do vitimismo e te coloca como protagonista. Isso pode ser duro para algumas pessoas, mas a verdade liberta. E a ignorância é mãe do sofrimento.

O que você tem feio para realizar o que quer ou precisa realizar?

Talvez você precisa sair da zona de conforto, deixar de fazer algo ou começar a fazer algo. Então vá lá e faça! Pare de responsabilizar terceiros. A sua felicidade depende de você!

Ah mas e o meu medo? Minha insegurança? Minha preguiça? Talvez esse medo nem seja mesmo seu. Você pode estar carregando um medo e até uma repetição de padrão familiar que não é seu. E pode deixar de carregar ao identificá-los.

Avalie cada sentimento em sua profundidade e perceba a raiz dele. Pode não ser o que você pensa. Peça ajuda de um profissional para identificar esses sentimentos e sua origem. Pode ser libertador!

Faça terapia, intervenções que curem. Saia de casa para se dar um presente, viaje, sorria, ouça músicas que te trazem alegria, namore, case, descase, tenha um animal de estimação, comece o curso de dança que adia há anos, comece a academia, a dieta, a meditação, a oração, a organização financeira para trocar o carro ou comprar a casa dos sonhos, tenha um filho, escreva o livro que tem planejado há anos, se declare ao seu amor, diga às pessoas que você às ama hoje, de um beijo nos seus filhos, amigos parentes, pai, mãe, marido, esposa, namorado... hoje!

Se reconcilie hoje com quem você brigou, picuinhas não levam a nada a vida é curta de mais para ser desperdiçada. Faça essas coisas hoje, pois o amanhã pode não chegar.

Talvez você não encontre motivos para se sentir feliz, pare e olhe ao redor e vai perceber que sempre tem alguém passando por algo tão mais triste e doloroso que você.

Viva com intensidade até os momentos não tão bons porque assim você vai valorizar ainda mais aqueles que são excelentes.

Então viva! Feliz! Todos os segundos com intensidade porque tudo na vida passa, inclusive a vida!

Como diz aquela bela canção: A vida é tão rara, a vida não para não!

Medite nessa canção! Respire e lembre que a vida é tão rara!

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
MILENA PATRICIA DA SILVA
MILENA PATRICIA DA SILVA Seguir

Sou mãe do Henrique, escritora, professora de Direito Sistêmico, Advogada Sistêmica, pesquisadora, terapeuta, master treiner e coach em PNL, doula, paciente oncológica, apaixonada pela vida, pelo conhecimento, pelos livros e por chá de manjericão.

Ler conteúdo completo
Indicados para você