[ editar artigo]

NO MEU QUINTAL ...

NO MEU QUINTAL ...

No meu quintal, há duas bergamoteiras, uma laranjeira quase morta, um araçá de olhos amarelos e duas árvores que só servem para passarinho. Eu pensava cortar as duas últimas. Elas atrapalham quando aplaino a grama. Os passarinhos fizeram ninho nelas. Elas compõem o azul. O encantamento poético disse:

- Deixa elas aí!

Eu queria que os pássaros e elas me bajulassem:

- Muito obrigado!

Não falaram nada. Ficaram ali, com seus galhos e suas folhas, balançando suavemente ao vento. Os pássaros ficaram quietos nos seus ninhos aquecidos. Nem por isso as cortarei. Na verdade na verdade, não fará grande diferença. Se as árvores pudessem me cortar, talvez eu pensasse de outra forma a respeito da opção.

Nestes finados dias, a vida se apresenta iluminada. A palavra adoção vem do latim, 'ad optione'. A linha da vida é uma 'ad optione' grudada na outra. Com os filhos, não é diferente. É preciso 'ad optá-los' todos os dias. É preciso reinventar os encantamentos.
Uma mãe, que adotou, chegou a mim e disse que ela e seu marido procuraram e encontraram o lugar onde foi enterrada a irmãzinha da sua filha. Foram ao local. Acho que choraram.

- Ela é nossa! - Disse-me a mãe.

Isto é adotar. É importar-se com a história de quem fica e de quem foi. É acolher o riso e o choro. É ter ternura, mesmo naqueles dias em que não haverá agradecimentos. É pensar em toda a extensão do outro. É querer adotar e, de fato, adotar; inclusive, quem já se foi. É por demais de grande a compreensão do afeto e da ternura; não cabe numa crônica, num dia, num agradecimento, numa 'ad optione'. É uma opção que renasce a cada momento. É abraçar, sem querer nada em troca. É acolher o filho real, aquele que aí está, com todas as árvores e pássaros que o compõem. É um processo sem fim.

Por isso, para essa mãe, nesse dia, eu digo:

- Sim! Leve flores para a sua outra filha! Sim, ela é sua! É tão sua quanto esta que aí está encantadoramente linda. Carregue-as consigo como se fossem estrelas! Isso não tem preço.

Texto de https://www.facebook.com/marioromano.maggioni

TAGS

ad optione

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Antonio Onofre Neves
Antonio Onofre Neves Seguir

Vivendo as melhores experiências em Deus e buscando-o para todas as situações da minha vida!

Ler conteúdo completo
Indicados para você