[ editar artigo]

No sétimo dia, até Deus descansou!

No sétimo dia, até Deus descansou!

Ao lembrar o descanso que chega ao sétimo dia, com emoção e admiração registro a homenagem póstuma a Dom Pedro Casaldáliga, cuja trajetória de vida, marcou a vida de muitos. Uma trajetória identificada com o zelo, com a defesa e com o comprometimento com a vida do outro, quando ao outro a vida lhe foi ameaçada e negada.

Não tem medo da morte, quem vive a vida com plenitude! A plenitude de vida e o discernimento nas posturas em defesa incondicional da vida fizeram com que o poeta, sacerdote e bispo deixasse a todos um legado de quanto a vida não se limita e não se encerra com a morte.

Uma trajetória de simplicidade, seu modo de se vestir, sua simplicidade de moradia, sua amorosidade no acolhimento e sua intransigência em situações que atentavam à vida tornam a dimensão de santidade muito digna ao que na pequenez de homem, esse ser soube ser, modelado pela grandeza de Deus.

Lembro-me de uma ocasião em que relatou a amarga experiência de um atentado que sofreu, pois na condição de jurado de morte, não poucas vezes vivenciou situações em que práticas truculentas e assassinas não foram suficientes para retiraram o brilho de sua poesia que não a fez somente com palavras, mas com atos e ações.

Próximo da igreja, quando saía do templo acompanhado de um sacerdote, o pistoleiro, a mando de “coronéis”, não titubeou em disparar contra aquele que se apresentava com maior porte físico, na equivocada convicção que essa vítima seria o bispo. O seu estilo franzino lhe poupou a vida, e gerou um mártir, sendo que o sacerdote não resistiu, uma vez que foi o alvo da ação assassina.

O lamento pela vida de um padre, o qual o tinha como filho, não foi o suficiente para calar a ação corajosa e profética de Casaldáliga. Pelo contrário, o comprometimento ético em defesa pela vida e de denúncia a todas situações de negação da vida de pobres e pequenos foi ainda mais intensificado por esse homem que agora descansa.

Uma bela trajetória de vida que inspira a vida de muitos. Junto a Deus, agora descansa. Faz parte da beleza da criação o descansar! Embora seu legado impulsiona a muitos a intensificação da luta e do trabalho em defesa da vida. A vida descansa mas não para, pois ela supera a morte!

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você