[ editar artigo]

O cesto abundante

O cesto abundante

 

Umas das coisas que eu gostaria de compartilhar com vocês é que o mundo é um mundo de oportunidades.

Que o mundo é um universo que transborda.

Que faz parte da vocação da natureza, da lei da vida. A prosperidade a abundancia.

Que o mundo é o mundo do mais. Que a gente não vive no mundo onde a gente precisa brigar, a gente precisa lutar.  Você não precisa fazer nada disso.

Você precisa só não ter preguiça. Você precisa só  estar atento. Estar disponível. Isso eu chamo de você viver da graça.

Porque é assim. O que é que a gente sabe? 

Digamos que você é um biólogo e você é um expert em fotossíntese. Ótimo!

Só que você  não sabe fazer o trigo. Ninguém sabe fazer o trigo.  A gente sabe fazer o pão, de você ter o leite da vaca, pra depois fazer pao, pra depois fazer o creme.

É isso que eu chamo  da gente viver da graça.

E da gente viver num mundo que a gente percebe que existe uma fartura. Que existe uma abundancia de coisas.

A vida é como um grande pomar e você esta caminhando e tem frutos maduros, tem o verde, tem flores, tem sementinhas. Tem tudo!

E o que vai acontecer com você.

Depende como você está.

 

Tem gente que vai passar por essa floresta com um cesto, com muita gente junto com ela e muito cestos e vai transbordando e não é maravilhoso isso?

Mas tem gente que vai passar por essa floresta e vai dizer: Hum, tem espinho!

Então, nós podemos ter certeza, se nós tivéssemos  com muitas pessoas atravessando uma floresta,  nós seriamos  as pessoas que estariam na abundancia com seus cestos transbordando.

Outras  pessoas cultivando, outro movimento maravilhoso. E a gente talvez olharia para o lado e 90% das pessoas, uns estariam assim, comendo um pedaço, jogando restante, outros  reclamando que esta quente, que tem formiga.

Nós teríamos 90% das pessoas, desperdiçando aquela abundancia da floresta.

Essa é uma das premissas...

De que lado que nós estamos?

Nós estamos carregando um cesto cheio, percebendo essa abundancia ou nós estamos nos 90%, que estão reclamando porque estão na floresta. A segunda  coisa é:

Nós seguramos na mao, sim!

Edward Bach sempre dizia, a vida é generosa com a gente, nós seguramos nas mãos uns dos outros, nós andamos  na abundancia. Deus não solta das mãos da gente! Mas é a gente que larga das mãos de pessoas maravilhosas.

E a gente que desperdiça as oportunidades lindas que ficam toda hora batendo na nosso porta.

Pode imaginar a riqueza que é a vida.

Observe como Deus é bom, generoso!

 

A vida é cheia de oportunidades.

Se a gente se comporta, como criaturas funcionais. Nós vamos perceber  que       o tempo todo a vida dá oportunidade pra gente.

Mas tem um preço!

 

Você precisa cuidar da sua saúde, você precisa cuidar da qualidade de vida. Nós não vamos ter qualidade mental, qualidade como é exigido de nós terapeutas. Nós não vamos ter alta performance se nós não cuidar do nosso corpo físico. Porque o cérebro é uma parte do nosso corpo.

Nós precisamos consumir aquilo que a gente ensina.

 

 

 

Frases: Olinda Guedes

“Existe uma diferença entre valorizar aquilo que a gente tem do que ter a sensação de que a gente tem tudo.”

“Em relação  a subsistência, faca o jejum que você sabe que é possível pra você.”

“Uma coisa é a gente viver a vida e sendo abundante, outra coisa é ter e viver na escassez.”

“Quanto menos você precisa mais rico você é.”

“Quais as palavras que você  ancora no seu caminho?”

“Não admita pessoas fracassadas na sua vida.”

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Suzana Langner
Suzana Langner Seguir

Amor e perseverança

Ler conteúdo completo
Indicados para você