[ editar artigo]

O Fichamento de leitura: O Jardineiro que tinha Fé

O Fichamento de leitura: O Jardineiro que tinha Fé

Fazenda Canto Novo, 12 de outubro de 2020

DADOS DO LEITOR

Najla Sobral Wanderley Prates 

Curso: Formação Real em Constelações Sistêmicas com Olinda Guedes

DADOS DO EXEMPLAR LIDO:

Título: O Jardineiro que tinha Fé

Autor: Clarisa Pinkola Estés

Edição: 1ª edição          

Ano:  1996

Local de publicação: Rio de Janeiro/RJ

Editora: Rocco

Tradução: Waldéa Barcellos


ORIENTAÇÃO PARA FICHAMENTO

1. Qual a mensagem global que o autor deixou para você? Resuma em, no máximo, 4 linhas.

É um livro delicioso de ler, traz lição de vida, de confiança num recomeço, esperança e disposição de entregar a serviço da vida, e finalmente nos dá uma visão sistêmica nas suas entrelinhas.

2. A partir do que você leu, enumere 10 dicas para você criar excelência para sua vida.

  • Fico atenta que mesmo com o fim da guerra, ela não terminou dentro dos sistemas, dos indivíduos.  
  • “O que quer que seja que aconteça a este campo, de algum modo, também acontece a nós”.
  • A capacidade de exercer a atenção plena: “Caminhávamos, com os ouvidos atentos para saúde das plantas, das árvores e das lavouras”.
  •  Tudo tem valor para Deus.
  • Deus muda as coisas e “nova vida virá, quer queiramos ou não”.
  • Com as mudanças há oportunidades de rever sentimentos, para a cura do coração e para uma nova opção de vida.
  • A nossa Fé não deve mudar, “nasce dentro de nós, é maior que nós”.
  • “A vida se repete, se renova, não importa quantas vezes seja apunhalada, descarnada, atirada ao chão, ferida, ridicularizada, ignorada, desprezada, desdenhada, torturada ou tornada indefesa”.
  • Dedicamos a fazer as coisas, mas devemos incluir “algo que para perto de nós, algo que ama”, e que espera ser revelado para ser visto.

3. Considerando a realidade onde vive, o que você aplicou, imediatamente, assim que leu? (Qual tópico, qual ideia? - cite o capítulo, página e a ideia).

 Confiar nas Bênçãos de Deus e crer que “enquanto estivermos aos cuidados dessa força e fé, aquilo que pareceu morto não estará morto, aquilo que permaneceu perdido também não estará mais perdido, aquilo que alguns alegaram ser impossível tornou se nitidamente possível”.

 Pág. 82 e 83

4. O que você transformou em si mesmo com a leitura deste livro?

  Aumentou a minha confiança nos caminhos traçados no “jardim do Éder”.

5. Quais as mudanças que você se compromete em tornar real a partir desta leitura?

Ficar atenta em incluir todas as “sementes” no meu jardim.

6. Se você encontrasse o autor do livro, o que você diria a ele?

Eu agradeceria a sua maneira singela, bela e misteriosa de nos proporcionar um novo olhar à vida.   

7. Enumere 3 pessoas para as quais você sugeriria este livro e justifique.

  • Certamente leria para meu pai ou com meu pai, o meu “contador” de histórias predileto. Talvez, relerei alto... quem sabe ele vem escutar!
  • Às minhas colegas de arteterapia: Celene, Fátima, Flávia, Cris e Vitória.
  • À minha linda professora de arteterapia e minha terapeuta: Mariana.

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você