[ editar artigo]

O peso da responsabilidade e o medo nos ensina!

O peso da responsabilidade e o medo nos ensina!

Durante a minha infância recebi muitas cobranças, talvez por ser a filha, irmã, neta, sobrinha e prima mais velha, a responsabilidade pelo que ocorresse era a mim atribuída, principalmente pelas coisas ruins/erradas, do que boas/certas. Eu tinha que ser o modelo e modéstia parte, desempenhei com sucesso o meu papel (rsrs). Eu administrava todo o grupo nas brincadeiras, era um verdadeiro espírito de liderança, mas ao fundo eu tinha muito medo, porque eu precisava ser referência, se eu errasse na minha concepção seria vergonhoso (já que me falavam isso o tempo todo).

 Lembro-me da minha necessidade de precisar saber de tudo, ao ponto de chegar a inventar ou enrolar quando não sabia, assumindo uma personagem que não era de verdade.

Uma infância sem críticas e responsabilidades não me foi possível, mas se eu me voltar para isso a minha vida hoje enquanto adulta será frustrada e eu preciso fazer diferente, já que estou de passagem e a escolha de ser feliz hoje ou triste o tempo todo é minha, cabe a mim decidir o que eu quero.

Hoje concluo que era um peso muito grande para uma criança, mas precisou ser daquele jeito, talvez tenha sido assim com meus pais e por amor e boa consciência aos seus, apenas tenham repetido comigo, na intenção de transmitir uma boa educação, passei por situações de bulling, inferiorização e tentativas de abuso com pessoas de dentro da família, e mantive sempre em segredo.

Compreendi e libertei-me de todos esses acontecimentos depois de adulta. Hoje vivo um dia de cada vez, reconheço que não é responsabilidade minha o erro dos outros, sei que se me fizerem algo de mal é meu direito e obrigação denunciar e principalmente que se foi permitido que eu passasse por tudo isso em minha vida, como foi e da maneira que foi, não irei julgar, aceito o meu destino mas o modifico daqui pra frente, pois o ato de olhar e respeitar me permite vivenciar novas e boas experiências aprendendo sempre.

 

EUVEJOVOCÊS!

Fonte: sistemicasvivencias.blogspot.com

Luciana Coutinho

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
LUCIANA COUTINHO
LUCIANA COUTINHO Seguir

Graduada em Pedagogia, especialista em Psicopedagogia, Educação Infantil e Alfabetização. Formada no Curso de Terapeuta em Constelações Sistêmicas Familiares, Practitioner em PNL.

Ler conteúdo completo
Indicados para você