[ editar artigo]

O PONTO CERTO PARA UMA VIDA SEM BLOQUEIOS

O PONTO CERTO PARA UMA VIDA SEM BLOQUEIOS

                                                    Aula 2 -  O ponto certo para uma vida sem bloqueios!

                                                                                   Jornada o Segredo – Olinda Guedes

                                                                                              Anotações: Suzana Langner

Vamos começar pela tarefa de ontem: fazer o bem pra alguém a partir de algo que você se sente bem.

- Tomar um café, mandar uma poesia, convidar alguém pra almoçar com você. Fazer um telefonema, mandar uma mensagem de WhatsApp, fazer um bem a partir do seu bem.

Quando a gente fala de uma vida sem bloqueios,  falamos sobre empurrar limites, a gente fala de transformar obstáculos em possibilidades. Ontem eu falava pra vocês, de algo super importante, pra gente ter uma vida de soluções:

Não é só ter consciência dos problemas que a gente tem, não é só a gente saber, quem mais tem esses problemas dentro da minha história, dentro da minha família, de onde será que veio?

Eu também falava da importância dos nossos sonhos.

  • COMO VOCÊ QUER QUE SEJA? 
  • Como você gostaria que fosse sua vida?
  • Quais os sonhos que você tem?

Quando tocamos essas dimensões,  precisamos saber que  vamos provocar mudanças em nosso pensar, sentir e agir. Estas mudanças interferem no nosso contexto, em nossos relacionamentos. Por mais lindo que seja, porque geralmente é lindo, as mudanças que a gente faz por dentro, só mudanças muito lindas. A gente se torna mais amoroso, a gente se torna mais feliz.

A gente se torna mais valente.

As pessoas que estão no nosso entorno muitas vezes não estão naquele mesmo grau de consciência. Elas não escolheram estar aqui nesta aula, aprendendo. Estão tocando suas vidas de outra forma. 

Essa tal  liberdade de escolha faz a gente estar numa vida incrível, numa vida maravilhosa. Alguém pode dizer assim: "Nossa! Como você é uma pessoa de sorte!"

Não é o acaso, foi consciência, escolhas conscientes. Foram escolhas conscientes que nós fizemos de como nós gostaríamos que fosse:

- Como é que eu quero que seja?

Você acha que os sonhos das pessoas seriam por um fazer profissional, se elas soubessem o quão autorais nós podemos ser, que a natureza é abundante, que a gente não precisa assim de tanto dinheiro pra viver e que dinheiro dá em árvore e que não importa a profissão que hoje está dando dinheiro.

Porque qualquer profissão pode dar certo se a gente tivesse uma vida sem bloqueios.

Quando a gente decide como queremos nossa vida o que acontece com os nossos problemas? Eles ficam na proporção que eles são.

O que eles são? São apenas situações que eu preciso transformar, que preciso lidar, resolver. 

Quando ativamos "como eu quero que seja!"  ativamos a nossa consciência criadora.

Cura é jornada.

Quanto mais nós aprendemos algo mais nós precisamos aprender. Nunca a ouvimos uma mesma informação do mesmo jeito. Porque o rio nunca passa pela mesma ponte. 

Então ativamos a nossa consciência criadora lembrando como nós gostaríamos que fosse.

Muitas pessoas no começo vão duvidar que você está mudando. Depois elas vão duvidar que você é capaz de mudar. Não entre em atrito com essas pessoas, não argumente,  não desperdice sua energia.

Você faz como o sufismo ensina pra gente.

Não desperdiça a sua energia de jeito nenhum. Porque se formos argumentar, nós vamos perder a nossa energia criativa,  colocamos em risco nossa fé.

Concorda com aquilo que é. NÃO DISCUTA, NÃO ARGUMENTE. 

Fique em silêncio amoroso.  A nossa ambiência vai ficando mais fortalecida. Assim como um santuário.

Nós somos seres sistêmicos.

Muitas vezes os nossos bloqueios existem, pra que a gente possa fazer um bem para o nosso sistema. Não vivemos só de memórias da nossa infância, nós não vivemos só de decisões que tomamos na nossa adolescência ou na nossa maturidade.

Vivemos das decisões que os nossos avós, não puderam tomar. Os sofrimentos que os nossos avós foram submetidos. Memórias traumáticas. Isso fica na nossa epigenética.

No nosso dia -dia nós percebemos como essas memórias traumáticas? Como um grande processo de sofrimento.

Quando temos a luz dessas LEIS DA VIDA  vamos perceber que EU agora tenho a oportunidade de elaborar um sofrimento, mas não é um sofrimento causado por um erro do eu humano, da minha condição individual, porque se fosse resolveria com um analgésico, um antibiótico, um antitérmico, com uma planilha de Excel, com o abraço de um amigo.

Entenderam?

Tudo aquilo que a gente percebe:

 - Meus Deus! Como é que isso acontece na minha vida? Como pode!

Quantas coisas!

Até a gente obter esse conhecimento não pensamos que é uma oportunidade sistêmica. Que é uma oportunidade de servir o nosso sistema, de desbloquear. Não só pra gente, mas de desbloquear coisas que vem de tantas gerações, desbloquear pra gente e desbloquear para os nossos descendentes.

Porque não fica só em nós o benefício. Resolveu aqui para mim, está resolvido pra todos que vem depois de mim.

Quanto mais consciência  temos mais liberamos a nossa vida e a vida daqueles que são ligados a nós por laços de sangue ou de afeto.

Os problemas da humanidade são mais ou menos os mesmos.

Opressão, injustiça, exclusão, desrespeito, desobediência, indisciplina.

Os problemas da humanidade são mais ou menos estes. São 500 milhões dos mesmos problemas. 

A pessoa vai criando seus emaranhamentos

Pai perdoa porque eles não sabem o que eles fazem!

Mas o fato de a gente não saber o que a gente faz, não significa que isso cause danos, pra nós e pra todos aqueles que estão em ressonância com a gente.

O ponto certo de nós termos uma VIDA SEM BLOQUEIOS.

O SEGREDO DE UMA VIDA SEM BLOQUEIOS, ele é feito basicamente de quatro atitudes:

1 - CONCORDAR – RECONHECER EXATAEMNTE TUDO COMO É.

O primeiro movimento é a gente concordar, é a gente não brigar com a vida, é a gente reconhecer a vida do jeito que ela é. A vida é o que é, não é lindo!

“Quanto antes aprendermos amar a realidade antes a felicidade chega.”

- é verdade, eu posso ser mãe. A vida trouxe meus filhos.

 

2- PEDIR – DEUS ATENDE O PEDIDO DO CORACAO DE SEUS FILHOS.

O segundo movimento é o PEDIR.

Você pode pedir. Peça o que você precisa. Não vai pedir aquilo que não precisa. Tudo aquilo que você precisa tomar e esta disposto a pagar o preço você pode pedir. Porque Deus atende o pedido do coração de seus filhos. 

 “Deleite-se no Senhor e ele atenderá aso desejos do seu coração.” Salmos 37,4

Quanto mais você sonha mais você mobiliza essas partículas no universo pra que ela se transforme em matéria. Matéria é sonho numa velocidade tal, que você consegue ver o retrato daquilo, você consegue segurar, comer, engolir, cheirar, fotografar. Não é maravilhoso?

As pessoas vivem tanto num bloqueio chamado medo, que elas não sonham, elas não se organizam. Como se fossemos prisioneiro de um mundo mecanicista, uma energia de perpetrador que, quer que você consuma o seu dinheiro, e que você não seja dono da sua vida, não usufrua dos seus talentos, das suas coisas.

Ativa a sua consciência criadora.

Focar atenção naquilo que eu quero. Isso é o PEDIR.

 

3- AGRADECER – TU CRIASTE O INTIMO DO MEU SER E ME TECESTE NO VENTRE DE MINHA MAE.

É ter consciência de que tudo vai ficar em paz, que tudo vai dar certo. eu não preciso saber de todas as coisas, ter controle de todas as coisas. Eu só preciso saber aquilo que eu sei. Porque Deus providencia, o universo providencia, porque você tem que ter serenidade no seu coração. Você é filho de Deus!

“Eu te louco porque me fizeste de modo especial e admirável.” Salmos 139:14-18

Quem nós somos?

Nós somos pessoas incríveis e admiráveis! Somos a  imagem e semelhança de nosso Criador.

Quando a gente tem esse movimento de auto estima, a gente tem esse movimento lindo de gratidão. Não é uma gratidão teórica. É gratidão do fundo do coração.

Deus atende o pedido do coração dos seus filhos.  Quando você tem um estado de gratidão, você não vai fazer o bem para o outro, sem fazer bem pra você. Você não vai fazer o bem para o outro e ficar numa relação abusiva, porque o outro vai se matar. 

Amar-se! Amar-se!

Quando  estamos ressentidos com alguém, ficamos pobres, infelizes e doentes, pra ofender aquelas pessoas que estamos ressentidos. Por isso que tem um mandamento:

“Honra o teu pai e a tua mãe e terás vida longa sobre a terra.”

Por meio da felicidade, da prosperidade e da saúde.

 

4- ARREPENDER – quando erramos devemos reparar os danos causados, devemos reconhecer a nossa responsabilidade e mudar as nossas atitudes.

Por dentro!  É por dentro, Abraham.

Concordar com o sentimento. Assim! Como eles eu agora também! 

Você entra num movimento profundo do que é que vai te curar.

Eu sinto amor profundo dentro daquilo que a vida me convida a me curar?

Quando erramos devemos reparar os danos causados.

Nem sempre os erros são pessoais.

Sem esse movimento de conversão não tem cura. Não tem transformação.

"Antes de conhecer seu trabalho, Mestra Olinda, eu atuava apenas como profissional CLT e hoje atuo também como Terapeuta e ajudo muitas pessoas.
A mudança que mais percebo em minha vida é o desbloqueio para avançar e avançar na vida, nas minhas relações profissionais e pessoais, em especial poder ajudar meus familiares, indo contra a crença de que santo de casa não faz milagre!  

https://www.instagram.com/priaventura/

Tarefa:

Escrever um texto livre agradecendo alguém que ajudou a realizar os seus sonhos ou a não desistir dos seus sonhos.

Vamos juntar duas coisas o exercício de agradecer e o de sonhar ou de lembrar dos sonhos e de praticar a gratidão.

É uma escrita livre. Sempre no clima maravilhoso de uma vida sem desbloqueios.

 De viver uma vida sem bloqueios.

 

Alice Meesquita  canta Gracias a la Vida – Violeta Parra

https://www.instagram.com/alicemeesquita/

 

 

 

 

!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
OLINDA GUEDES
OLINDA GUEDES Seguir

Oilá, gente linda! É uma boa história a minha vida... ainda temos muito a viver. A parte mais linda é ser "Mamain" das duas princesas Nina Maria, Camila Maria e dos cinco príncipes cavalheiros...

Ler conteúdo completo
Indicados para você