[ editar artigo]

O que eu estou fazendo aqui ?

O que eu estou fazendo aqui ?

Certamente todos temos um propósito, inconsciente ou não, existe uma busca pela evolução individual e com ela a evolução planetária.

Para nos tornarmos seres melhores passamos por dificuldades, pois algo precisa ser visto ou compensado. Só assim nos tornamos completos, só assim completamos nosso sistema.

O que ainda precisa ser visto?

Qual o preço que custou para as mulheres do meu sistema os abusos, a submissão, a indiferença?

Muitas dores que nós temos também são herdadas dos julgamentos que fizemos. Como podemos ver flores se o que carregamos são dores? Ah querida mamãe, agora eu vejo as suas dores, tantas dores que amortecem os braços, as pernas, dores do medo, a dor da sua história, da nossa história.

Para pertencer, inconscientemente punimos os agressores, achamos que sem eles o mundo será melhor. As dores são tantas que não é possível dar um bom lugar aos homens.

Sinto muito pelas vezes que te julguei sem olhar para o que existia além dos meus julgamentos.

Quando julgamos temos dificuldade de concordar com a história como ela foi. Quando recebemos a vida como um presente e compreendemos que estamos à serviço, nós e nossos pais, nós podemos olhar com amor para a vida.

Meus queridos ancestrais, hoje eu tenho olhos para vocês e também para suas histórias.

Depois de incluir, de compensar pelo preço que me custou, elevo a minha obra e faço algo grande com a vida que recebi de meus pais, algo grande pelo mundo, através dos talentos e dons herdados e de um pouco mais, aqui e agora consigo sentir a prosperidade e a tal felicidade.

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Larissa Freitas da Cunha
Larissa Freitas da Cunha Seguir

Olá meus queridos amigos , sou a Larissa , mamãe de 2 lindos filhos na terra e um no céu , estou aqui para colaborar , para semear , levar conhecimento adiante e também colher tudo de bom que a vida tem a oferecer.

Ler conteúdo completo
Indicados para você