[ editar artigo]

O tapete de meu banheiro

O tapete de meu banheiro

 

Sugiro que leia ouvindo o Rei. Gosto dele, muito. Sempre canto no banheiro.

Nos últimos 18 meses tenho vivido em caixas. Você pode imaginar o que é isso? Decidi que iria viver na Chácara, porque meu pai, morando sozinho, não fazia todas as refeições e percebi que ele precisava de um certo desconforto para ser mais feliz. Gente na casa que tira a térmica do lugar, que pega o controle do portão e não sabe onde deixou. Coisas simples assim, mas que trazem muita felicidade.

O conforto de viver sozinho é perigoso. Um dia ele mesmo, olhando para minha casa, na cidade, disse: é , minha fia, é perigoso acostumar a viver só. Depois não se acostuma mais a viver junto. Referia-se a eu ter outro companheiro, marido, namorido. Enfim, vocês entenderam.

Considerando tudo isso, eu perguntei a ele se lá poderia ir viver, enquanto aguardava a construção de minha casa, ele disse: sim!  Venha, minha fia. Fui. Fomos! Eu, Tharsilla Beatrice, a gata, e muitos livros, algumas roupas e o que mais pude levar e deixei tudo lá à espera da minha nova casa. Então, vivo em caixas. A casa deve ficar pronta logo. Espero. A Nina linda já chegou! Graças a Deus.

Contudo, não é sobre viver em caixas que quero falar hoje.

Quero falar sobre o banheiro. Especificamente sobre o tapete do banheiro. Sei que em banheiro se usa toalha de chão. Mas, eu, amo de paixão um tapete fofinho, peludo, de algodão, bem limpinho (quase nunca está, vivemos numa chácara e meu banheiro é o banheiro de serviços agora, não preciso explicar. Todos usamos, até as visitas apressadas que por ali passam. Aprendi a dividir minha privacidade, tudo bem. 

Sempre que posso tenho lá. O tapete do jeito que eu quero.

E você?  Já pensou sobre isso? O que torna sua vida confortável, gostosa, colorida e feliz?

Pessoas que se agradam, pessoas felizes adoecem menos e vivem muito mais.

 

P.S. Para aqueles que são meus alunos, esse é um escrito sobre permissão. Um dos três Ps necessários para que uma terapia tenha êxito, para que viver tenha êxito, para que cada encontro seja saudável.

 

OLINDA GUEDES é mãe da Nina Maria, apaixonada pela vida, escreve com o coração o que cabe em palavras.  É romântica e ama crochê.

Conduz, no Instituto Anauê-Teiño, a Escola de Saberes Úteis. Uma iniciativa cujo objetivo é trocar saberes das diversas ciências com o propósito de uma vida mais feliz, próspera e saudável.

https://www.facebook.com/olindaguedesfanpage/

https://www.youtube.com/c/OlindaGuedes

https://www.instagram.com/olindaguedes/

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
OLINDA GUEDES
OLINDA GUEDES Seguir

Oilá, gente linda! É uma boa história a minha vida... ainda temos muito a viver. A parte mais linda é ser "Mamain" das duas princesas Nina Maria, Camila Maria e dos cinco príncipes cavalheiros...

Ler conteúdo completo
Indicados para você