[ editar artigo]

Orientação Sistêmica

Orientação Sistêmica

Quer começar a usar o conteúdo aprendido nos cursos de Constelação Sistêmica, Renascimento Sistêmico, entre tantos outros que possa fazer mais ainda se sente inseguro?

Comece pela orientação sistêmica.

Há algumas semanas atrás, no meio de uma crise angustiante por estar isolada por ter contraído o covid-19, sem recursos para buscar um terapeuta, resolvi deixar o orgulho de lado e pedir ajuda para a equipe da Olinda, e a amada Mari Amatti foi um anjo, deu-me uma Orientação Sistêmica que norteou muitos pontos de minha vida.

Gostaria de compartilhar com vocês um pouco dessa Orientação.

Tudo é sistêmico e se estivermos dispostos e abertos para o processo podemos constelar em diversas oportunidades. Essa orientação foi uma dessas oportunidades.

Na época, contraí o Covid-19 e precisei ficar em isolamento total, com alguns sintomas e ainda com algumas sequelas mesmo a 60 dias de contágio, me vi numa situação em que precisava de um suporte.

Minha bebê de 1 ano e 2 meses precisou ficar longe de mim, durante o atestado médico precisei trabalhar em home office (atuo como Recursos Humanos e o trabalho no RH principalmente o pagamento dos funcionários não puderam esperar). Em meio a isso, a dor e a angústia por ficar longe de minha filha, a necessidade de dedicar mais tempo a ela e a família e as dificuldades financeiras e conjugais tudo somatizaram para a crise de ansiedade e angústia.

Aliado a esse cenário, totalmente desacreditada de mim e do meu potencial, desacreditada dos saberes que adquiri ao longo da vida com a experiência profissional e acadêmica, e também a questão dos cursos de Renascimento e Constelações Sistêmicas, o medo de tomar para mim essa nova posição e transformar a minha vida, ainda apegada a dores e padrões do passado em que eu não percebia meu erro e me alimentava dessas dores.

Com a orientação sistêmica, a Mari me levou a refletir nos seguintes pontos:

  • Perspectiva sobre vida e morte: “a melhor perspectiva sobre a vida é a morte. É pensar sobre a morte que nós olhamos por um prisma maravilhoso, que permite ver a vida como ela é. Os sintomas são como anjos mensageiros. Quando você não tem mais dúvida do que você quer fazer daqui em diante, esse sintoma vai embora.
  • Equilíbrio Profissional – Dar X Receber: Sobrecarga de trabalho onde você nem doente tem o direito de descansar, repousar, para poder se curar mais rapidamente, esse tipo de relação precisa ser revista. O descanso é primordial, ele contribuí para a rápida recuperação. Desligar a mente da rotina, principalmente do trabalho é essencial. Quando você não equilibra essa relação, ocorre os erros e as falhas na execução do trabalho. A dinâmica de cometer erros ou falta de concentração é EU QUERIA ESTAR EM OUTRO LUGAR NESSE MOMENTO.

Você está de atestado, não tem obrigação de trabalhar. Mesmo com o mundo corporativo te cobrando, você não deve ceder. Os conflitos e os erros cometidos no trabalho não são falta de competência e sim conflito por estar fazendo uma coisa que não gostaria mais. Conflito e fase de transição. Os empregadores agem como abusadores e você permite. Você delega esse poder a eles, a criança interior ferida, indefesa não sabe se defender, permite as agressões e ainda se sente culpada por tudo que está acontecendo.

  • Insônia: a dinâmica sistêmica da insônia está relacionada a memória transgeracional de perseguições. Então você precisa ficar acordada e atenta.
  • Dificuldades financeiras/Problemas conjugais: o que pode piorar se você deixar de trabalhar? Já pensaram em vender a casa. Pagarem as dívidas e viverem de forma  mais simples? Medite sobre o apego. Às vezes sofremos por não querermos abrir mão do estilo de vida que temos, mesmo quando a renda familiar diminui.

Isso gera muitos conflitos. Medite sobre o ego. Às vezes não requeremos retroceder porque o que vão pensar da gente... Medite, imagine-se morando numa casa alugada onde o aluguel é baixo, você está feliz com os filhos correndo e brincando pelo quintal. Importa nessas horas se a casa é alugada ou própria? Ou importa ser feliz e ficar em paz, sem dívidas? Acredito que você vendendo o imóvel, vocês irão resolver muita cosia e você poderá até tirar um ano sabático para ficar mais tempo com a bebê.

O sistema capitalista não apoia e nem dá estrutura para você curtir sua cria nos primeiros anos de vida... nós mulheres é quem devemos nos adaptar. Se teu esposo realmente te ama, agora é a prova de fogo, ele vai concordar em vender a casa, pagar as dívidas, acertar a situação com a ex-mulher no que está ainda pendente do divórcio, pagar a pensão ao primeiro filho tudo certinho e vocês poderão, mesmo sem imóvel, ficar bem, e terão forças para refazer tudo de novo depois.

Podem fazer um consórcio, ou uma poupança novamente, e quando vocês estiverem mais a saudáveis e felizes, pois com o coração em paz a vida fica mais leve, vocês terão a mente liberada para comprarem um novo imóvel se quiserem. Desapeguem do imóvel, bens materiais passam e as vezes a gente sofre para adquiri-los e depois morre e fica a herança para os filhos brigarem.

  • Inclusão do sintoma e a raiva: a raiva é uma forma de repelir uma realidade indesejada. Quando você faz esse movimento de inclusão, você está concordando com os fatos e então o sintoma se infunde em você, a transpassa e vai embora.

A ressurreição só vem depois da morte, não tem atalho. Incluir aqui é não estar contente com a situação, mas aceitar a vontade divina e pedir conhecimento e sabedoria para poder lidar com essa situação, pois essas experiências nos ensinam a crescer, a evoluir.

Por isso em tudo devemos dar graças à Deus, em tudo, até pelas perseguições, pelos problemas, pois não se portando como uma criança diante do problema, a única opção é crescer, até aprendermos na prática, tudo o que já aprendemos na teoria.

Nesse momento, você precisa pensar/meditar sobre toda a sua vida, como se estivesse se despedindo dela... medite sobre o desapego de tudo... até da vida... e você encontrará as respostas do que precisa fazer para ser mais feliz... e peça à Deus a oportunidade de você sair com vida dessa situação, para poder realizar e desfrutar tudo o que você tanto deseja!

Agradeça à Deus por cada dia de vida! O que é mais precioso para você nesse momento? Sua vida! Seja grato à Deus por ela, e então você vai conseguir renovar as suas forças de forma esplendorosa!

Tenho certeza que você vai sair dessa. Um amigo meu, músico, também teve COVID... a família toda pegou... mas para mim, ele foi um maravilhoso exemplo de superação...

Ele decidiu trabalhar menos, decidiu fazer mais composições... fez pequenos ajustes, que tornou a vida dele menos complexa e cheia de problemas... Muitos dos nossos problemas é o apego exagero aos bens e ao dinheiro...

A vida passa, os filhos crescem... e ficamos correndo atrás do vento, se não acordamos a tempo...

Às vezes, quando vemos que não temos recursos para obter o que queremos, encontramos outros novos recursos que nem fazíamos ideia que existiam...

Sim!

E eu vejo teu talento para ser escritora, lançar um livro no futuro ... estou fazendo um trabalho com a Isabel Felipe. Ela também faz parte do nosso grupo de Renascimento. Estou ajudando-a a digitar o livro dela. Já finalizamos o primeiro livro... será lançado agora em dezembro!  

Amada... Isabel sabe mal ler e escrever... ela me envia os áudios para eu ajudá-la a digitar... E, no entanto, ela é autora de um livro... Eu descobri o talento da Isabel quando eu digitei para ela, pela primeira vez, uma metáfora para ela e postei no Saber Sistêmico.

Gostei tanto, que pedi para ela mandar mais um áudio, inventando outra historinha... e gostei tanto... que pedi mais e mais... e hoje temos um livro inteiro, prontinho para ser lançado! Não foi fácil, pois durante a produção desse primeiro livro, mexeu demais nas memórias dela... e ela lembrou de muita coisa que havia esquecido por anos... devido um acidente automobilístico... então, amada... use seus dons para curar-se!

É esse o caminho da tua cura! Se você veio até nós, isso é só uma confirmação de seu caminho não é igual ao das demais pessoas...

Nós não somos normais, como a sociedade... eu falo por mim, por Olinda, por demais pessoas da nossa equipe... Enquanto o Mundo corre atrás de trabalhar, trabalhar, trabalhar... fazendo muitas vezes o que não gostam, nós estamos à serviço da vida!

Já pensou em diagramar e transformar em livros?

Quem sabe relendo tudo, tuas anotações, você vai resgatar muita coisa que precisa nesse momento da tua vida! Aproveite esse momento para descansar, amada... diga que não está bem, seja sincera... e não ultrapasse seus limites... aproveite o período de atestado médico e siga rigorosamente as orientações médicas.

Se o pessoal do teu trabalho lhe incomodar, fazendo telefonemas, mandando mensagens... ignore. Você está de atestado e tem toda a liberdade de não fazer nada, mesmo sabendo que é tua responsabilidade executar certas funções. Compete ao dono da empresa tomar as decisões para resolver as coisas, e não você.

Depois dessa Orientação Sistêmica, pude olhar meu trabalho e de uma forma mais adulta e tracei um plano para me organizar e fazer a transição de profissional de recursos humanos para terapeuta sistêmica. Passei a pôr mais limites na relação profissional.

Muitos pontos não consigo ainda expor ao gestor, porém já não me envolvo em situações que vão me tirar a paz. Coloquei um ponto, um limite para não me ferir.

Minha relação com meu companheiro melhorou em alguns pontos, porém hoje temos algumas dinâmicas que ainda precisam ser curadas. Requer de mim uma mudança de pensamento muito profunda, olhar para minha criança interior e para minha relação familiar.

Hoje meu companheiro externo com as ações dele, ou a falta de ação, tudo aquilo que minha mãe viveu na relação com meu pai. 

Quanto a minha saúde, o Covid foi um aprendizado para agora lutar e passar pelo câncer na tireoide. São sintomas que vem surgindo e exigindo de mim que olhe para meu sistema, que olhe urgentemente para meu sistema.

Nell Dorr: Mother & Child, featuring Tasha Tudor

Quanto aos benéficos da orientação sistêmica para quem recebe:

  • Falar num ambiente amistoso, sem julgamentos, com alguém que terá uma escuta empática e ativa para lhe acalmar e nortear os passos;
  •  Ter alguém de fora do problema para te auxiliar a pontuar os problemas e as possíveis soluções;
  • Alivio terapêutico de se sentir acolhido, amparado, de ter um suporte para os momentos difíceis;
  • Compreensão das emoções e sentimentos e das possibilidades de cura e ressignificação.

Para nós que estamos adentrando a este mundo terapêutico, de atuar na área do cuidado e da ajuda, e ainda temos dúvidas e dificuldades em aplicar as técnicas de constelação sistêmica e renascimento sistêmico,  a orientação sistêmica é uma ótima ferramenta terapêutica, pois você através da escuta ativa, empática e dos saberes sistêmicos adquiridos através do estudo e da vida em si você auxilia o seu cliente, de forma terapêutica a encontrar as respostas e a ressignificar suas dores e sofrimentos.

Recomendo à todos que usufruam desse benefício.

Vamos ver a vida diferente?

Gratidão, Mari Amatti 

   Composição de flores de girassóis amarel... | Free Photo #Freepik #freephoto #flor #quadro #floral #flores

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Carla Duran
Carla Duran Seguir

Mamãe de primeira viagem, uma apaixonada pelo ser humano, pelo pleno desenvolvimento do ser e que busca a cura e as respostas pelas inquietações que trago na alma.

Ler conteúdo completo
Indicados para você