[ editar artigo]

Páscoa da Ressurreição

Páscoa da Ressurreição

Páscoa é uma das mais antigas celebrações cristãs, o símbolo do ovo de Páscoa tem sua origem no significado do renascimento, pois representa a fertilidade. Desde o século XII ele tem o costume de ser cozido e pintado para ser usado na decoração. Esses ovos coloridos podiam também ser pendurados em árvores.

Osterbaum é a arvore da Páscoa que é montada com um galho seco, que simboliza o sofrimento, a reclusão, a tristeza e a frieza e a morte do sepulcro de Jesus Cristo. Lembrados pela Igreja Crista na Sexta Feira Santa.

Jesus morreu, desceu ao mundo dos mortos; seus seguidores e seguidoras também se sentiram como um galho seco. No entanto, na osterbaum os galhos secos e sem vida são enfeitados com cascas de ovos coloridos, que simbolizam a alegria da vida e da vida eterna que nos vem com a Ressurreição de Jesus, momento lembrado e celebrado com muita alegria, todos os anos, no dia da Páscoa.

O Jesus que morreu por nós, também ressuscitou por nós e isso trouxe esperança, ânimo, confiança, alegria e salvação. A vida novamente ficou colorida e os seguidores e seguidoras de Jesus logo sentiram e vivenciaram esta alegria.

Nesse sentido, o ovo quer nos lembrar de que, por mais fria e dura que seja a sua casca, ali dentro, reclusa e bem guardada, há vida e segurança naquele frágil abrigo e isso traz esperança, pois apesar de estar escondida e reclusa, após a ruptura entre o velho e o novo, uma nova realidade acontecerá: a vida nova nascerá!

Mas, para que isso ocorra, é preciso esperar pacientemente os 21 dias de aconchego e proteção, sob o corpo e as assas da mãe galinha. Daí sim, da reclusão à vida.

A quaresma (e também essa quarentena) vem nós lembrar que é necessário esperar, confiar, preparar, parar por um momento sob as asas daquele que entende de vida e morte, para depois continuarmos na luta para rompermos inflexíveis e duras cascas da vida.

Chegamos ao fim dessa quaresma, mas ainda em distanciamento social devido coronavírus que assola todo o mundo, com muitas famílias que perderam um ente querido outros que estão a serviço correndo risco de contrair o vírus, mas confiantes na misericórdia de Jesus, Celebrarmos a Páscoa da Vida, da Ressurreição, da Esperança, Alegria, Solidariedade, Salvação e assim teremos a verdadeira Páscoa de Jesus semeando  o amor, solidariedade uns para com outros.

Dai graças ao Senhor, porque ele é bom; “eterna é a sua misericórdia!”

— Dai graças ao Senhor, porque ele é bom; “eterna é a sua misericórdia!” (salmo 117).

Fontes: http://folcloreconcordia.blogspot.com/;

Padre Fernando José Matias e Stéfani Niewohner.

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Sueli Machado
Sueli Machado Seguir

Casada com Valduir Machado, mãe da princesa Talita Machado e de uma estrelinha no céu.

Ler conteúdo completo
Indicados para você