[ editar artigo]

Pertencimento, Compensação e Ordem

Pertencimento, Compensação e Ordem

"Na natureza o pertencimento é uma lei, todos pertencem. O sol nasce para todos. A natureza não julga, simplesmente inclui e distribui igualmente tudo aquilo que recebe na medida do contexto e do potencial de cada um. Pertencer pela 'dor' ou pelo 'amor'." Conteúdo do módulo 1 da aula 5.

Pertencimento nos faz sentir incluídos ao nosso sistema familiar e faremos todo o possível para pertencer. Quando uma pessoa do seu sistema se destaca financeiramente, ela precisa saber compensar o universo doando algo seu para que busque e fique no equilíbrio. O não equilíbrio faz com que a pessoa não se sinta pertencendo, por estar fora do seu sistema familiar. Isso faz com que a pessoa comece a buscar formas de voltar a pertencer ao seu sistema antigo e muitas vezes acontece de perder tudo o que conseguiu.

Como podemos perceber os princípios se entrelaçam, vivemos bem com os três princípios fundamentais da constelação sistêmica. 

Compensação, o equilíbrio do dar e receber. Recebemos aquilo que damos, tanto de bom quanto de mau. No universo existe a troca e essa troca parte da compensação para haver o equilíbrio e assim podemos seguir em frente pertencendo ao sistema com suas contribuições boas e más. É importante que estejamos em equilíbrio com o dar e receber para nos sentirmos pertencentes ao nosso sistema.

Quanto a ordem, a hierarquia precisa ser respeitada para haver prosperidade entre as pessoas do sistema. A hierarquia precisa atuar no sistema familiar, trabalho e nas relações, pois nos permite reconhecer o  lugar que ocupamos e agir de acordo com ele, que nos fará também ser respeitado. 

Os princípios sistêmicos nos fazem sentirmos unidos, pertencentes, incluídos e prósperos quando esses princípios se alinham. 

Quanto ao meu sistema familiar, sinto ter havido desequilíbrio do dar e receber. Mas como os três princípios caminham juntos, sinto e percebo que houve excluídos e que a hierarquia ficou também alterada. 

Hoje eu venho trabalhando esse contexto da minha vida em terapia e  constelações, assim como também a retribuir o princípio do dar e receber.

Agradeço aos meus antepassados pelo que eles puderam realizar de bom e o que eles não puderam realizar, que eu, hoje, possa fazer diferente. 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Maria Luiza Marques Saito
Maria Luiza Marques Saito Seguir

Psicóloga clínica - bioenergética, consteladora com bonecos na água, em formação constelação sistêmica, Mestra em Reiki, Supervisora em análise bioenergética, Autora do livro "Sedução e Traição - A dor de Amar um psicopata", Massagem bioenergética.

Ler conteúdo completo
Indicados para você