[ editar artigo]

POR QUE BERT HELLINGER DIZIA: “NÃO ME PRENDAM NAS MINHAS PALAVRAS"?

POR QUE BERT HELLINGER DIZIA: “NÃO ME PRENDAM NAS MINHAS PALAVRAS

As frases de solução vão surgindo – no processo de resolução de um problema, de um sintoma, de uma doença – de acordo com a necessidade do momento e com a vibração da alma do cliente e do constelador, de modo que a frase posterior, muitas vezes, nada tem a ver com a anterior, chegando a ser até contraditória com ela. Por conta disso é que Bert pedia: “não me prendam nas minhas palavras”.

Compreendemos melhor o pedido de Hellinger, sabendo como surgem, segundo ele, as frases de solução:

A plenitude não se sujeita à lógica. A alma vibra ora de um modo, ora de outro, e quando trabalho, vibro uma vez de um modo e outra de outro, sempre como me é exigido, sem me preocupar com a lógica. Quando sintonizo a vibração, as frases de solução mudam em diferentes situações. Quem as toma como fórmulas fixas facilmente se equivoca.

(....).

Nesse processo tenho de sintonizar totalmente com a alma da pessoa, para encontrar a partir dela as palavras da solução. Para isso cada pessoa me transmite sinais bem sutis, e eu os acompanho. (HELLINGER, 2017, p. 123.)

___________________

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

HELLINGER, B. Desatando os Laços do Destino: Constelações Familiares com doentes de câncer. Tradução de Newton de Araújo Queiroz. 12ª. ed. São Paulo: Cutrix, 2017. 215 f.

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você