[ editar artigo]

POSSO EU MESMA CONSTELAR MEUS FILHOS?

POSSO EU MESMA CONSTELAR MEUS FILHOS?

Recebi esta mensagem de uma querida aluna:

Olinda, esse módulo 9 com a prática da constelação tem mexido muito com a minha caixinha do passado e vejo necessidade de constelar um casal de filhos, casados e com filhos.

Tenho vontade de fazer essa intervenção, você acha que posso agir ou ainda não é o momento? Pode ser sem a presença deles ou é melhor eles presentes?

Ou será muita pretensão minha ,achar que tenho conhecimento para isso?

Fui orientadora educacional por 35 anos, isso pode estar interferindo nessa minha vontade de ajudá-los ? Estou ansiosa por sua ajuda e orientação.

GRATIDÃO

Estimada aluna!

Que alegria ver o amor em cada vogal, em cada sílaba, em cada encontro consonantal. Professores, pedagogos, educadores são especialistas em amar.   Porque ensinar algo, ensinar a aprender e ensinar a viver são o amor em plena expressão, é o verdadeiro ato de cuidar do ser,  uma prova de importar-se: quem se importa serve, um dos lemas da Escola Real.

Estou a me perguntar, como apaixonada pela filosofia de proveito, aquela que ensina a pensar e ampliar o entendimento, o que se passa com seus filhos?   Pergunto também aos meus botões: o que você entende por Constelar?   quando diz sobre o que tem assistido no módulo nove.

Sim!   então, a resposta vem lá de dentro do meu coração:  ela, você como mãe, certamente sabe que existem sofrimentos ou comportamentos que não são tão proporcionais aos contextos e ao experienciar, assistir, estudar as constelações como intervenção clínica percebe o proveito que esta terapia poderá ser para sua família.   Isto é amor.

Recomendo que você coloque este tema assim:

- Procure um Constelador Real (alguém que siga nossa metodologia) e apenas com a presença deles em seu coração, coloque este tema para ser constelado.

Não o faça você mesma. Seja apenas a cliente a colocar um tema.

É bastante cedo para colocar-se a prova em algo tão relevante, nossos filhos é o que temos de mais precioso, existem tantas expectativas, vontades, cuidados que podem te levar mais aos seus temores do que a informações que trazem soluções, que completam.  Entendimentos necessitam de uma certa distância, imparcialidade para chegarem. 

Faz parte do amor dos pais, das mães, do amor parental, um destino em comum com nossos filhos.  O sofrimento deles é o nosso, e a cura deles, é a nossa também. Lembro bem de uma máxima de nossa amada mestre em Pedagogia Sistêmica, Marianne Franke-Gricksch: os filhos mostram em seu cotidiano o que nós pais escondemos em nossos corações.

Um abraço feliz e florido! não demore a colocar este tema para constelar.

Aliás, talvez agora, por meio desta pergunta-resposta, algo já se mostre para você e então, a constelação já comece a acontecer, uma cura, uma luz, uma compreensão.

Não é verdade?

Olinda Guedes

OLINDA GUEDES é mãe da Nina  e Camila Maria, apaixonada pela vida, escreve com o coração o que cabe em palavras.  É mãe de mais outros cinco príncipes na terra, mais uma princesa que está chegando e quatro anjos no céu.

Somos uma Família Real.

Conduz, no Instituto Anauê-Teiño, a Escola Real de Saberes Úteis. Uma iniciativa cujo objetivo é trocar saberes das diversas ciências com o propósito de uma vida mais feliz, próspera e saudável.

https://www.facebook.com/olindaguedesfanpage/

https://www.youtube.com/c/OlindaGuedes

https://www.instagram.com/olindaguedes/

 

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
OLINDA GUEDES
OLINDA GUEDES Seguir

Oilá, gente linda! É uma boa história a minha vida... ainda temos muito a viver. A parte mais linda é ser "Mamain" das duas princesas Nina Maria, Camila Maria e dos cinco príncipes cavalheiros...

Ler conteúdo completo
Indicados para você