[ editar artigo]

PREVENÇÃO DE SUICÍDIO

PREVENÇÃO DE SUICÍDIO

Texto 3

RISCO DE SUICÍDIO: PREVENÇÃO, COMO IDENTIFICAR E ONDE PROCURAR AJUDA

O tema SUICÍDIO é tão complexo, que muitas pessoas evitam falar sobre o assunto, porém, uma comunicação responsável, ética e correta pode auxiliar muitas pessoas, pois um problema dessa magnitude  não pode ser negligenciado.

Segundo a OMS – Organização Mundial da Saúde, cerca de 800 mil pessoas morrem de suicídio no mundo, por ano. No Brasil aproximadamente existe 1 morte por dia e outras 3 tentativas.

É um falso mito dizer que a pessoa que quer tirar a própria vida não dá pistas, não avisa. Devemos estar atentos e considerar todos os sinais de alerta que  possam indicar que a  pessoa  quer se suicidar.

Saber reconhecer em você ou em pessoas próximas é o primeiro e mais importante passo.

FIQUE DE OLHO:

- Se alguém está, pelo menos, há duas semanas com conduta ou manifestações verbais referentes à suicídio. Essas manifestações não devem ser interpretadas como ameaças nem chantagem emocional, mas sim como avisos de alerta para um risco real;

- As pessoas sob risco de suicídio costumam falar sobre morte e suicídio, mais do que o comum, confessam se sentir sem esperança, culpadas, com falta de autoestima e tem visão negativa de sua vida e futuro. Essas ideias podem ser  expressas de forma escrita, verbal ou por meio de desenhos;

- Em comentários do tipo, “vou desaparecer, vou deixar você sem paz, eu queria dormir e nunca mais acordar, é inútil tentar fazer algo para mudar, eu só quero me matar”;

- Isolamento, não atendendo telefonemas, interagindo menos nas redes sociais, ficando em casa ou fechado no quarto, cancelando atividades sociais, principalmente aqueles que gostavam de socializar.

AJUDANDO ALGUÉM SOB RISCO DE SUICÍDIO

Se você identificou em alguém próximo sinais de comportamento suicida, encontre um momento apropriado e um lugar calmo para falar sobre suicídio com a pessoa. Faça-a perceber que você está ali para ouvir e ofereça seu apoio.

É importante que você incentive a procurar ajuda de profissionais de serviços de saúde, de saúde mental, de emergência ou apoio em algum serviço público. Se você acha que esta pessoa está em perigo imediato, não a  deixe sozinha. Procure ajuda de profissionais de serviços de saúde, de emergência e entre em contato com alguém de confiança, indicado pela própria pessoa. Se a pessoa vive com você, assegure-se de que ela não tenha acesso a meios para provocar a própria morte, por exemplo: pesticidas, armas de fogo ou medicamentos.

ONDE BUSCAR AJUDA

- CAPS – Centro de Atenção Psicossocial;

- Unidades Básicas de Saúde;

- UPA 24 h;

- Centro de Valorização à Vida  CVV- 188

- Ajuda psicológica gratuita.

 

Fonte: https://catracalivre.com.br/saude-bem-estar/prevencao-suicidio/

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Edir Salete Dallabarba
Edir Salete Dallabarba Seguir

Sou Edir, moro em Salto do Lontra- Paraná. Sou mestre em Reiki e Terapeuta Sistêmica em Florais de Bach. Cada dia me apaixono mais pela área Sistêmica e tenho sede de conhecimento nesta área.

Ler conteúdo completo
Indicados para você