[ editar artigo]

Psicoterapia - O que é e para que serve?

Psicoterapia - O que é e para que serve?

De um modo geral, as pessoas não sabem o quanto a psicoterapia pode ajudar, e que pode ser muito mais do que o que pensam. Segundo a Associação Americana de Psiquiatria, até 75% dos pacientes com algum distúrbio, apresentam melhoras, após as sessões de terapia.

O tipo de modalidade terapêutica será definido, após uma avaliação minuciosa feita pelo psicólogo clínico, pelo psiquiatra, ou outro psicoterapeuta devidamente capacitado. A psicoterapia, porém, é um diálogo especial, com regras específicas, em que o bom senso não é um ingrediente suficiente.

Os psicoterapeutas não vão facilitar, fornecer respostas, mas vão ajudar a encontrá-las, inclusive, alguns irão fazer perguntas que, talvez você nunca se tenha feito, e que podem, ou não, ser relevantes para a resolução do problema que você está enfrentando.

Além da psicoterapia individual para crianças e adultos, existem outras modalidades: psicoterapia de casal, de grupo e de família. Na linguagem usual, é costume chamar de psicoterapia toda a tentativa de resolver problemas por meio de conversar. O texto a seguir se refere apenas ao processo dual, que se passa entre terapeuta e paciente.

A Psicoterapia adota, em relação à prática, uma atitude que afirma o valor inerente de cada indivíduo e da sua contribuição para todo o sistema em que se insere. É unificadora e responde, apropriada e efetivamente, à pessoa nos níveis de funcionamento afetivo, comportamental, cognitivo e fisiológico, e contempla, também, as dimensões espiritual  e sistêmica da vida.

Quem busca cuidados com o bem-estar emocional pensa, imediatamente, em psicoterapia. O termo “psicoterapia”, cobre um espectro muito amplo de campos de intervenção e de modalidades técnicas (psicoterapia individual, de casal, de grupo, psicoterapia breve, psicoterapia de crise, psicoterapia psicanalítica, psicoterapia comportamental- cognitiva, e muitas outras).

Mas o que será que é a psicoterapia? Como funciona? Quais os benefícios? Quando se deve procurar um psicoterapeuta?

O acompanhamento da psicoterapia, sem dúvida que irá trazer diversos aspectos positivos para o seu dia a dia e para a sua vida, mas vamos entender melhor todos os detalhes desse tipo de terapia.

Chamada às vezes de “cura pela fala”, a psicoterapia baseia-se no diálogo entre o paciente e um profissional, tradicionalmente um psiquiatra (para medicar) ou psicólogo preparado para esse mister.

Na primeira consulta avalia-se, de acordo com a situação e circunstâncias, a necessidade de psicoterapia e que tipo de psicoterapia, a frequência e duração esperada.

  • A psicoterapia com o psicoterapeuta, proporciona uma melhor capacidade de viver o momento e de ter prazer nos detalhes.
  • A consulta de psicoterapia, proporciona um aumento da compreensão que as pessoas têm de si próprias, uma vez que aquela passa a ser mais clara, mais transparente, mais empática.
  • A consulta proporciona uma maior capacidade de chegar aos outros e de encontrar apoios.
  • A psicoterapia proporciona uma maior confiança e assertividade.
  • A psicoterapia proporciona um melhor desempenho no trabalho e na satisfação profissional.
  • A consulta de psicoterapia proporciona uma diminuição das crises de choro e tristeza.
  • A consulta de psicoterapia proporciona o aumento da capacidade para resolver problemas na vida diária.
  • O psicoterapeuta ajuda a desenvolver a capacidade de deixar de viver no passado e de se situar no aqui e agora, bem como de olhar para o futuro.
  • A consulta de psicoterapia proporciona uma melhor capacidade para lidar com o stress e as dificuldades.
  • A consulta de psicoterapia proporciona um aumento do fluxo criativo e da produtividade.
  • A psicoterapia proporciona um sentir-se melhor sobre si mesmo e sobre a maneira como se vê.
  • Uma vez que o valor da sessões varia de acordo com a natureza e frequência da psicoterapia, poderá acordar com o seu psicoterapeuta os valores estimados.

 

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Vicente Duarte
Vicente Duarte Seguir

Militar na Guerra de Angola, em acções militares de 1968 a 1970. Psicologo Clínico desde 1978. Grupanalista desde 1983. Formação em Renascimento no Brasil e Europa; Formação em PNL no Brasil em 1996; Constelações no Brasil e em Portugal, etc

Ler conteúdo completo
Indicados para você