[ editar artigo]

Reflexões Educação Sistêmica

Reflexões Educação Sistêmica

 




- Não há como ter êxito na vida e na carreira sem CONHECIMENTO.
- Quanto mais conhecimento adquire e vivencia mais segurança no trabalho realizado e como consequência, mais sucesso.
- Faça seu PLANO DE ESTUDO em direção ao seu propósito de vida para ser o melhor no que faz, ser autoridade no que faz, destacar-se no seu talento e dom.

- Cada um tem um jeito próprio de processar a realidade: pensar e/ou partir para a ação.


- Como ajudar a desenvolver as pessoas que nos procuram?
- Não existe neutralidade nas relações. uma escola/empresa, um líder tem a responsabilidade de cuidar dos seus: ou ajuda a adoecer ou a curar!


- Existem 3 princípios sistêmicos: Pertencimento, Compensação, Ordem.
- Quanto mais complexo for um tema/situação/problema, maior é a necessidade do Princípio da ORDEM para encontrar a solução.
- O que veio antes deve ser incluído, o que veio antes precisa ter um bom lugar, senão será uma violação de ORDEM.


- Onde as pessoas tem muitos direitos e menos deveres, o êxito vira as costas. antes dos direitos os deveres.
- O trabalho é sagrado, por isso vem em primeiro lugar, porque sem ele a vida perece.


- Quem adoece está buscando os pais, segurança, proteção dos pais. O vínculo de amor entre elas e seus pais está interrompido, talvez há várias gerações. "Ninguém me vê"! Tiveram infância invisível. Precisam de validação.


- A validação cria o sentimento "eu existo", "sou importante".


- Se um líder, gestor, diretor, prefeito conhece a visão sistêmica precisa saber validar sua equipe. Fazer isso, não há dinheiro que pague, cria a realidade "Eu vejo você", "Você é importante"! Por isso tem uma remuneração maior para criar o sentimento de importância para o sistema e assim não precisará adoecer pois encontrará o que precisava/faltava: Segurança e proteção.


- Perguntas...muitas perguntas compartilhadas: Síndrome do filho único; os excluídos; ações didáticas cooperativas x competitivas; o difícil "papel" da madrasta, a ordem nas famílias; casais e filhos; o ciúme; como seu nascimento afeta os relacionamentos, violência infantil, abuso sexual/pedofilia, consequências do excesso e falta de zelo para com as crianças, sexualidade, "parir é feio" x industrialização do parto, um lugar para os excluídos, saber dar um lugar para cada um, ...


- As maiores dores de sofrimento da humanidade estão junto aos órfãos, viúvas, combatentes;


- Onde tem pai tem rigor, onde tem a mãe tem a ética! Um povo que honra a mãe e exclui o pai tem o que temos culturalmente no pais;


- O difícil destino dos órfãos;


- Não existe criança agressiva, existe criança INSEGURA. Falta segurança? Falta pai nesta família! Tem exclusão na família.


- Exercícios sistêmicos em direção ao pai. HONRAR o pai, o trabalho, a segurança, a proteção, a determinação, a coragem.


- Professores que estão vínculos ao seus pais fazem toda diferença na escola, sem eles não estão empoderados para ensinar.


- Não discuta com quem está no corpo de dor, não estão em estado presença e com certeza o conflito será a consequência. Para eles neste momento, dê silêncio e amor. Palavras e argumentos só aumentarão o sofrimento.



"Que delicia é estudar e aprender na Escola Real da Profe Olinda Guedes. Gratidão, Mestra!"

 

Segundo dia de aula na Formação "Pedagogia Sistêmica" com Olinda Guedes.

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
OLINDA GUEDES
OLINDA GUEDES Seguir

Oilá, gente linda! É uma boa história a minha vida... ainda temos muito a viver. A parte mais linda é ser "Mamain" das duas princesas Nina Maria, Camila Maria e dos cinco príncipes cavalheiros...

Ler conteúdo completo
Indicados para você