[ editar artigo]

Aos antepassados

Aos antepassados

Meus queridos antepassados,

Eu quero abrir meu coração para vocês, hoje eu me sinto realizada como pessoa, porque eu compreendo onde estou e estou seguindo o meu caminho e tudo faz parte do meu processo. Mas também quero vos dizer que com o conhecimento das constelações familiares sei o quanto é importante ter ordem e inclusão no sistema de todas as pessoas da família.

Eu reconheço o lugar onde eu estou, e de muitas pessoas da minha família, tanto do meu pai quanto da minha mãe, eu vejo isto claro, a dificuldades dos primos e primas prosperar e ter sucesso na vida.

Temos dificuldade de trabalhar e ganhar dinheiro e ter sucesso profissional.

Sinto que temos muita mente de escassez, reconheço essa falta e compreendo a dificuldade que temos de agir e avançar na vida.

Sinto que estamos parados e travados na vida.

Agora estou começando a usar a constelação sistêmica como estilo de vida , mas percebo que é difícil, mas sei o quanto isso é importante para mim.

Mesmo reconhecer que temos que incluir todos os membros da família, perdoar, aceitar, qualquer que seja o fato ou situação que ocorreu no passado.

Quero muito encontrar o meu lugar no sistema e estar incluída nele, assim como todos os meus familiares. Peço à todos vocês a permissão e bênção  para que isto aconteça, estou a fazer a minha parte.

Também entendo que vocês fizeram o melhor que puderam, com as condições e recursos que tiveram no momento.

Meus aos paternos, sei o quanto foi difícil a vida, meu querido Avó Manuel, que veio de Portugal para fazer a vida no Brasil e teve muito sucesso financeiro, deixou muito patrimônio para o meu pai e também deixou suas dores e feridas que carregamos na nossa geração. Mas hoje vejo e reconheço você, eu fiz a formação em engenharia mecânica para cumprir um sonho seu, que você não conseguiu realizar. Este sonho era seu não meu.

Reconheço também as sua carências e dificuldades afetivas que você teve.

Eu hoje eu te falo com muito orgulho que fiz o mesmo que você, sai do Brasil e vim fazer vida em Portugal, igual você fez e juntei com um português e tive 2 ou 3 filhos um desses, foi aborto.

Sinto que vou ter o sucesso profissional, que é o que me falta, e também ter uma família mais feliz e saudável.

Minha avó paterna Aurora também reconheço a vida que você teve, o quanto foi difícil a família do meu avó aceitar o casamento de vocês, foi dolorido, pois a família portuguesa não queria casar com brasileira.

Eu vejo isso, aceito e reconheço.

Minha avó materna (vó cota), foi a que conheci pessoalmente ainda em criança, hoje eu vejo e percebo a sua dificuldade em viver para criar nove filhos com muita escassez, vejo a dificuldade em ser dócil, carinhosa e afetiva.

Descobri com a constelação que eu perdi o desejo sexual, na fase da minha pré-adolescência, que é como se o sexo que representa a vida, morreu pra mim, com a sua morte, que presenciei no fim da sua vida, a dificuldade de você respirar, pelo câncer nos pulmões que você teve, a sua dificuldade de respirar vida….

Ali morreu tudo pra mim, e nunca tive muita vontade de ter relações sexuais, não gosto de toque, carinho e nem afeto, isso me irrita muito, pois tenho ai muita resistências, não gosto de namorar, carinhos e e mimos, com relação ao parceiro.

Hoje eu reconheço isso e quero te pedir perdão por estar presa nisso, quero te pedir permissão para eu poder viver a minha vida e ser feliz, na minha história.

Sei o quanto vocês passaram dificuldades na vida, na criação dos seus filhos. Sei que muitos precisam ser incluídos, aceitos e perdoados e encontrar o seu lugar no sistema familiar.

Mas hoje eu quero avançar na minha vida e peço à vocês todos os meus antepassados queridos, que me deem permissão para eu ser feliz na minha família, no meu casamento, com o meu marido e meus filhos e no meu profissional.

Que é em honra à toda minha família, peço perdão por todos aqueles que não foram perdoados e excluídos do sistema.

Peço à todos vocês permissão para viver a minha vida, "foi como foi" as suas histórias... entendo, aceito, perdoo e agradeço por pertencer a esta família.

Quero a partir deste momento encontrar o meu lugar aqui nesta família que eu escolhi nascer e quero sair de todos os  emaranhados que possam existir na minha família e cada um encontrar o seu lugar.

Agradeço à todos e peço perdão por tudo e por todos, para eu eu possa abrir os caminhos para ser feliz e ter uma vida próspera e plena.

Com muito amor e carinho,

Débora Carreira                    

crewel embroidery pillow. Linda, bordada com linha e lã.                                                                                                                                                     Mais

Curso Formação Real em Constelações Sistêmicas 

Relato aos Antepassados (Mod. 1 aula 6)

 

                                          

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você