[ editar artigo]

Silêncio, por favor.

Silêncio, por favor.

Se quer falar à mente, fale rápido, fale sempre, fale sem parar, sem respirar.

Se quer falar ao coração, use pausas. Use longos silêncios.

A linguagem do coração é muda e sensível à boca que cala e ouve. Por isso, diz o que está oculto no reino dos excluídos.

A linguagem do coração inclui o não-visto, o que se calou para sempre, aquele que ninguém mais lembra ou fala. Nasce, portanto , do silêncio e a ele retorna, sempre com uma mensagem amorosa.

Conecte-se ao vão que há entre as palavras e estará em contato com esse profundo amor.

Leo Costa - Instituto Alegria

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Leo Costa
Leo Costa Seguir

Educador há 25 anos! Cria de professora, olha no que deu. Terapeuta e Educador Sistêmico, sendo o que faz, fazendo o que é.

Ler conteúdo completo
Indicados para você