[ editar artigo]

SÍNTESE DO MÓDULO 2

SÍNTESE DO MÓDULO 2

1- A INFLUÊNCIA INVISÍVEL DO SISTEMA FAMILIAR

Ao vir ao mundo no seio de uma família, não herdamos somente um patrimônio genético, herdamos as crenças e os comportamentos que são válidos neste sistema familiar. Recebemos influências parentais na nossa criação familiar. Através dela adquirimos a cultura, as regras e as ideias estabelecida . Existe uma postura interna e inconsciente conduzida pela lealdade ao nosso sistema familiar, que nos deixa disponíveis para receber influências mais profundas, presentes no inconsciente familiar.

Assim, experiências difíceis, ocorridas dentro  da nossa linhagem (através dos nossos antepassados, em especial em um intervalo de até 4 gerações) podem ser trazidas à tona novamente, através da repetição.

Existem muitas pesquisas em andamento buscando a comprovação científica de que essas crenças e comportamentos possam ter influências no próprio genoma, ou seja, elas   modificam inclusive as nossas células.

2- CAMPO DE INFORMAÇÃO FAMILIAR

BERT HELLINGER observou que há um campo de informação que agrupa todo o conhecimento de experiências já vivenciado por uma linhagem familiar. Esse campo incide e influência todos os integrantes do sistema.

Explica ainda que, na grande maioria das vezes nossa experiência é para o que foi difícil, esta é a situação que repetimos. Isto faz parecer que este campo é algo maléfico para nossas vidas. Mas ao contrário, grande parte de nosso conhecimento, aptidões e intuições, vem desse campo. Ele concentra muitas gerações de conhecimento adquirido. Mesmo aquilo que experimentamos como difícil, muitas vezes é o que nos coloca no caminho do aprendizado e crescimento. O resultado dessas experiências trazem novos conhecimentos ao campo e ao sistema

3- AS TRÊS LEIS UNIVERSAIS DOS RELACIONAMENTOS

''O amor é terapia, no mundo não há nenhum outro tratamento senão o amor. É sempre o amor que cura, porque o amor faz você inteiro". Bert Hellinger

A) PERTENCIMENTO 

'Pertencer à nossa família é nossa necessidade básica. Esse vínculo é o nosso desejo mais profundo. A necessidade de pertencer a ela vai além até mesmo da nossa necessidade de sobreviver. Isso significa que estamos dispostos a sacrificar e entregar nossa vida pela necessidade de pertencer à ela' Bert Hellinger: a cura, pág.17

Já nascemos com a necessidade de pertencer ao nosso núcleo e, em prol disso, faremos tudo que for preciso para nos encaixar, até mesmo morrer.

Temos isso por direito, por ter nascido naquele sistema, motivo pelo qual não são toleradas exclusões, tudo e todos têm o direito de pertencer. Caso alguém seja excluído do sistema, um descendente poderá se identificar e tomar para si a missão de reincluir  aquele familiar, repetindo o seu comportamento e seu destino a fim de ser visto, reconhecido e incluído.

Hellinger afirma que "nossa alma coletiva" dá importância fundamental à sua completude. Muitas vezes um indivíduo é excluído por não satisfazer as exigências morais desse grupo. A ordem espiritual superior que concede a todos os que pertencem o mesmo direito não tolera exclusões. Se mesmo assim isso ocorrer, ela coloca um movimento  em ação que resgata o excluído utilizando outro membro da família como representante.

B) EQUILÍBRIO

"O que dá e o que recebe conhecem a paz se o dar e o receber forem equivalentes".  Bert Hellinger

Nos sentimos credores quando damos algo a alguém e devedores quando recebemos. O equilíbrio entre o crédito e débito é fundamental nos relacionamentos.

Segundo Hellinger quando se age de acordo com as leis, a vida flui e nossos objetivos se desenvolvem. Quando as transgredimos, a consequência é perda da saúde, da vitalidade, da realização e dos bons relacionamentos, assim como o fracasso nos objetivos da vida.

Essa lei é aplicada somente para as pessoas que estão no mesmo nível hierárquico. Não pode ser aplicada entre pais e filhos, uma vez que estes. dão aos filhos algo que eles jamais conseguiram retribuir que é a vida.

O amor dos pais é gratuito. Eles esperam que tudo aquilo que ofertaram possa oportunizar que os filhos se tornem pessoas boas, sejam felizes. Isto a gente chama de 'AMOR DE GRAÇA', AMOR ÉTICO. Quando o filho recebe esse amor que é traduzido pelo cuidado, pelo respeito, ele também aprende a retribuir, a dar o "amor de graça", tornando-se gentil, generoso e próspero. O princípio da Justiça mora aqui.

Para as demais relações, nas quais a hierarquia é nivelada, esta lei deve ser observada a fim de manter- se o vínculo e o relacionamento. O segredo das relações são as trocas positivas: sempre dar um pouco a mais. Desse modo, o outro vai querer devolver mais, e isso faz com que a relação cresça com o tempo e sempre de forma positiva.

C) ORDEM

"O ser é estruturado pelo tempo. O ser é definido pelo tempo e através dele recebe seu posicionamento. Quem entrou primeiro em um sistema tem precedência sobre quem entrou depois. Sempre que acontece um desenvolvimento trágico em uma família, uma pessoa violou a hierarquia do tempo". Bert Hellinger

O indivíduo precisa saber o seu lugar e agir a partir desse lugar. A violação da ordem não traz prosperidade. ORDEM É PROGRESSO. A Ética mora nesse princípio.

Segundo Hellinger o amor é uma parte da ordem e a ordem precede o amor e o amor só pode desenvolver de acordo com a ordem. Um depende do outro. Se inverto esse relacionamento e quero transformar a ordem pelo amor, estou destinado a errar. O amor é subordinado a uma ordem, e então pode crescer, assim como a semente é subordinada ao solo e aí cresce e floresce.

Hellinger afirma que onde existem pessoas convivendo, essas três leis estarão atuando, quer as pessoas tenham consciência ou não. O desrespeito a qualquer uma dessas leis descompensa o sistema, que buscará compensação em algum membro da família. A descompensação gera  emaranhamentos. Os princípios sistêmicos conversam o tempo todo.

 4- FUNDAMENTOS DAS CONSTELAÇÕES FAMILIARES

As Constelações Familiares se fundamentam sobre a observação e a experiência em relação aos princípios sistêmicos aplicados aos grupos, apresentando uma abordagem fenomenológica. O primeiro e mais importante grupo é o familiar. Cada sistema tem o seu potencial de energia e o que o afeta implica em certo desgaste.

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você