[ editar artigo]

Sofrimento por um vínculo de amor interrompido

Sofrimento por um vínculo de amor interrompido

Querido papai, certo dia você chegou com uma notícia que iria mudar alguns traços das nossas vidas. Você recebeu a oportunidade de trabalhar em outra cidade e assim conseguir proporcionar uma vida mais confortável para a nossa família, onde você viria para casa apenas nos finais de semana. 

Tudo bem papai, hoje eu entendo os motivos que o levaram a aceitar este emprego mas a criança de apenas 9 anos que eu era na época não entendia. Lembro-me o quanto fiquei triste, senti como se algo tivesse sido levado de mim naquele dia, mas saiba que a mamãe fez o que podia para completar a sua falta mesmo que foram dias difíceis para nós.

Sempre que eu ia nas casas das minhas amigas e as via abraçando seus pais e brincando com eles, algo dentro de mim se entristecia, e acabei me tornando uma criança que nem eu mesmo reconhecia... minha coragem se esvaiu e me tornei uma menina que chorava bastante e com frequência pedia desculpas sem nem ao menos entender pelo que eu me desculpava tanto, inclusive certo dia mamãe até conversou comigo me dizendo que deveria guardar minhas desculpas para situações que realmente as exigia. 

Esses dias se estenderam por longos anos, ou melhor, por oito longos anos e quando você finalmente estava presente em casa todos os dias a minha vida já tinha tomado um rumo diferente, já estava noiva, estudando e trabalhando longas horas do dia... e novamente ficou difícil da gente se ver, pois quando eu chegava em casa você já estava dormindo e descansando seu corpo cansado pelo dia trabalhado.

Hoje eu vejo que durante esse tempo que você não estava presente eu me tornei uma criança muito ansiosa, eu não conseguia me permitir viver o agora, os meus pensamentos voavam sempre para o depois e foi tão difícil papai passar a minha infância, adolescência e a fase adulta sem a sua companhia diária e seus conselhos de pai.

Hoje em alguns momentos você tem atitudes que demonstram que ainda você me vê como aquela criança que você deixou alguns anos atrás, você sente que precisa reparar esse tempo. Mas saiba que está tudo bem papai, aquilo foi necessário e eu respeito as suas escolhas e sei - como você me fala algumas vezes - que você se arrepende por essa escolha, mas tudo bem, gratidão, pois você deu o melhor de você na época e ao te honrar eu compreendo que não é possível exigir algo que na época não conseguimos alcançar.

Esses sofrimentos que passei foram ocasionados pelo vínculo de amor interrompido que tive na época, talvez esta seja a causa dos bloqueios emocionais que tenho para me aproximar de você hoje. Perdão papai por não conseguir abraçar você e dizer que você é meu herói. Perdão papai por permitir que esse bloqueio se estendesse por tanto tempo... mas vamos conseguir curar isso papai, estou indo em busca da nossa jornada de cura pois vejo que todos nós precisamos curar esse vínculo que foi interrompido. 

Desde que comecei a cursar as aulas de constelações, muitas curas já aconteceram, muito de mim já floresceu e se libertou, muito de nós ainda vai se tornar leve, pois há padrões que eu consegui quebrar e com isso libertar você também, afinal, quando alguém se liberta de um sofrimento, ela é capaz de libertar muitas outras pessoas. Estou conseguindo curar minha ansiedade papai, conseguindo entender muitas coisas que aconteceram no passado com os nossos antepassados que refletem no agora, estou conseguindo papai ser alguém tão melhor e sinto que não há algo no mundo que eu não consiga alcançar, pois tenho dentro de mim um universo de possibilidades onde a palavra impossível está tomando um lugar cada vez menor na minha vida, sinto a presença de Deus dentro do meu coração constantemente, que lindo né papai? Eu estou conseguindo tanto por mim, por nós!

Papai você vai se curar da depressão e eu vou curar a minha ansiedade, pois nós podemos e a mamãe estará lá, olhando por nós, do nosso lado, nos apoiando e se curando também de vários sofrimentos.

Vamos juntos mudar esse contexto, o tempo que é agora permite mudar nosso destino e seguir uma vida próspera e saudável. Que lindo isso papai, compreendes agora que o contrário da morte não é a vida, é amor? Afinal quando nos permitimos amar, algo pulsa dentro de nós e somente assim a vida tem sentido, somente assim é que se vive é através da pulsação do amor que o nosso coração bate, seguimos o conselho do maior homem que o mundo conheceu: amai vos uns aos outros como eu vos tenho amado.

Seguimos amando, seguimos servindo o amor, seguimos servindo a vida. 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você