[ editar artigo]

“Talita cumi! Levante-se!"

“Talita cumi! Levante-se!

Tomou-a pela mão e lhe disse: "Talita cumi!", que significa "menina, eu ordeno a você, levante-se!" Marcos 5:41

Através desse versículo conto alguns fatos marcantes da princesa Talita e como o seu nome faz jus a sua história de vida.

Deus soprou o nome Talita no ouvido de sua mãe e anos depois quando se uniu ao seu esposo, a vida brotou no seu ventre, e não teve dúvidas, é uma menina, e chamará Talita.

As complicações surgiram já no inicio da gestação e aos 8 meses teve que fazer cesariana de emergência. Em 14 de março de 1997 nasceu Talita, era muito cabeluda, e muito miúda.

Em casa, seus pais marinheiros de primeira viajem acreditavam que seu bebê estava bem. Não chorava, dormia o tempo todo, não acordava para mamada, quando questionávamos as informações que recebíamos é que prematuro era assim, então na primeira consulta com 7 dias fomos informados que Talita estava morrendo, sendo transferida para hospital e lá permaneceu durante seus 3 primeiros meses de vida, lutou bravamente pela vida.

Talita devido ter ficado muito tempo hospitalizada, apresentava atraso significativo no desenvolvimento, sendo encaminhada para estimulação precoce, acompanhamento com neurologista e aos 3 anos foi constatado paralisia cerebral severa, o médico deu o diagnóstico que iria vegetar, apresentava transtorno de comportamento, não gatinhava, não andava, não segurava o pescoço, enfim não se conectava com o mundo. Talita é guerreira e com muita estimulação precoce e os inúmeros atendimentos recebidos, aos 7 anos deu seus primeiros passos, e foi desabrochando para vida com alegria que lhe é peculiar, assim, sua vida foi transcorrendo sempre com inúmeras  medicações controladas, acompanhamento com neurologista e outros.

Nos últimos três anos vem apresentando um quadro de pendência do corpo que lhe impede de andar, se alimentar... enfim, controlar seu corpo. Consultou com vários especialistas e não chegaram ao diagnóstico. Então, no ano passado já sem saber onde procurar ajuda, encontrou Olinda Guedes e solicitei ajuda, e ela constelou a doença de Talita.

Linda a força que recebi da constelação, ajuda da representante Nivea Cibele, Elaine e de outras pessoas que estavam no dia da constelação, e hoje ainda estão me dando suporte. Os emaranhados estão desenrolando, pois conseguimos um médico especialista em doenças raras, que suspeita de epilepsia e está buscando adequar a medicação e conseguir o exame de genética para confirmar a suspeita.

Talita dia 14 de março fará 23 anos. Sou grata pela sua vida, cada profissional em todas áreas que a atendeu todos esses anos, amigos, intercessores, religiosos. Reverencio os meus antepassados, meus tataravós, bisavós, avós, pais e familiares.

Eu vejo cada um de vocês. Vocês são importantes para mim. Eu honro vocês... Sinto muito por toda dor, descansem em paz.

Eu vejo mãe que foi abandonada, a fome, filho doado, filha não nascida, abortado, violência, excluído por deficiência física, mental, depressão, esclerose.

Sinto muito, muito, muito... Me Perdoe... Sou Grata... Eu Te Amo.

Sinto muito, muito, muito... Me Perdoe... Sou Grata... Eu Te Amo.

São mágicas palavras, vindas pra curar.

Fluindo no amor, pra nos libertar.

Vejo cada pessoa do nosso sistema, honro, sou grata pelo centelho de vida que fizeram florir permitindo nascimento de Talita.

Talita:

A Esperança
Tece a linha do horizonte
Traz tanta paz
Em reluzente e doce olhar
Que nos conforta
Quando o mar não é tão manso
Quando o que resta
É só o frio sem luar

E nasce leve, devagar
Em uma canção de ninar
Que nos acolhe pra dizer
O Amor jamais deixou você.

Canção de Esperança (Flávia Wenceslau)

Ho’oponopono

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Sueli Machado
Sueli Machado Seguir

Casada com Valduir Machado, mãe da princesa Talita Machado e de uma estrelinha no céu.

Ler conteúdo completo
Indicados para você