[ editar artigo]

Um coração repleto de amor

Um coração repleto de amor

Nesse domingo pensei o que dizer para meu avô paterno Manoel Roseno dos Santos, materno José Barreto Sobral, meu pai Vivaldo Alves dos Santos, sogro Sebastião Plantes Machado e o Valduir Machado, que não é meu pai, mas meu marido e pai da nossa filha Talita e é parceiro em tudo, em tudo mesmo que respeita a história dos meus avôs, que com toda dificuldade sobreviveram e criaram seus filhos e hoje estão no céu no descanso eterno, que mesmo após muitos anos, após a morte do meu avô materno ainda sinto o amor dele por mim e do meu avô paterno, que não tive muito contato, pois a distância não permitia, mas tenho certeza que tinha todos os netos no coração. Meu sogro, seu Sebastião, um homem simples de um coração gigante e querido, por todos que carregava Talita nas costa e em sua Kombi, ela ficava toda feliz, hoje também o senhor faz morada no céu, sei que intercede por todos nós no céu. Papai Vivaldo, sei que é assim que aprendeu o amor e respeito, agradeço pela vida. Valduir e todo amor para comigo e com Talita no qual não mede esforço para nos fazer feliz.

Aproveito para agradecer meus avôs por tudo que nos ofereceu, pois era o que tinham para oferecer... descansem em paz. Sebastião, obrigado pelo seu carinho comigo e com Talita, descanse em paz. Papai Vivaldo, obrigado pela vida.

Valduir Machado pra mim e para Talita:

Você é assim
Um sonho pra mim
E quando eu não te vejo
Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito

Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo
É o meu amor

E a gente canta
E a gente dança
E a gente não se cansa
De ser criança
A gente brinca
Na nossa velha infância

Seus olhos, meu clarão
Me guiam dentro da escuridão
Seus pés me abrem o caminho
Eu sigo e nunca me sinto só

Você é assim
Um sonho pra mim
Quero te encher de beijos
Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito

Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo
É o meu amor

E a gente canta
E a gente dança
E a gente não se cansa
De ser criança
A gente brinca
Na nossa velha infância

Seus olhos, meu clarão
Me guiam dentro da escuridão
Seus pés me abrem o caminho
Eu sigo e nunca me sinto só

Você é assim
Um sonho pra mim
Você é assim
Você é assim
Você é assim

Você é assim
Um sonho pra mim
E quando eu não te vejo
Penso em você
Desde o amanhecer
Até quando me deito
Eu gosto de você
Eu gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo
É o meu amor

Música: Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Sueli Machado
Sueli Machado Seguir

Casada com Valduir Machado, mãe da princesa Talita Machado e de uma estrelinha no céu.

Ler conteúdo completo
Indicados para você