[ editar artigo]

Uma consulta de terapia floral

Uma consulta de terapia floral


Quando saio de casa para atender meu cliente de terapia floral sistêmica, saio sem pretensões, aberta para a história de vida, para o destino que se apresentará.  Saio sem salto alto, simples, sem julgamentos. Saio feliz pelo convite inconsciente que o cliente me fez: “te convido a olhar a minha história, me permito um olhar sobre a minha própria história”.

Sentada à sua esquerda pergunto:
“O que vamos olhar hoje?”

O cliente sempre sabe a resposta e aqui nos conectamos.  Coração de terapeuta com o coração do cliente. Escuta ativa e atenciosa, daquelas palavras, que só por terem sido ditas, já aliviam.  Escuta atenta da história de vida do cliente, que muitas vezes se parece com a minha.

Desta pergunta e das outras que se seguem, os florais de cura, que atuarão na causa da questão, e os de suporte, que aliviarão os sintomas, vão se apresentando.

Os de suporte por vezes se apresentam um pouco antes, os de cura um pouco depois, que é quando a história de vida vem se apresentando no palco de vida.
Histórias lindas, que escuto com reverência e respeito, profundo respeito por ter sido convidada a olhar.

Muitas vezes, a quantidade de florais que desfilam em minha mente, é maior do que a eu possa indicar, 5, 6, 7.

Em conjunto com o cliente escolhemos os que são de maior necessidade naquele momento, e mentalmente anoto os outros para uma próxima indicação.

Neste momento percebo que a face do meu cliente está iluminada, que a sua respiração está mais calma. A tensão se foi, a queixa foi ouvida, a boa solução vem!

Manipulo os florais ali mesmo, na frente do cliente, empoderando cada gota com as qualidades de cada essência, que recito para o meu cliente.

Tem tarefa? Tem sim!
 A consulta se completa com algumas atividades que o cliente desenvolverá: ler um livro, fazer uma meditação, pesquisar a sua história, tomar mais água, assistir um filme, fazer uma caminhada.

A indicação terapêutica e cada um das gotas se empoderam com o compromisso de cura que o cliente assume consigo mesmo.  É o contrato entre o cliente e o terapeuta, a potência necessária para a vida melhorar, para a vida ser mais feliz, próspera e saudável.

Minha jornada enquanto terapeuta floral sistêmica apenas começou e quantos aprendizados, quantas percepções vem se apresentando. É a prática ampliando o campo. A jornada está linda!  Passei a ponte para o novo caminho, para a nova profissão e andamos sorrindo uma para a outra e nos dando flores!

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Andreia Marschalk Zatorski
Andreia Marschalk Zatorski Seguir

Mamãe do Theo e mais cinco anjinhos no céu. Terapeuta Floral Sistêmica e aluna Olinda Guedes do curso de Constelações Sistêmicas. Atendendo à missão e ao propósito da alma, tocando vidas com amor e com flores. A minha também :)

Ler conteúdo completo
Indicados para você