[ editar artigo]

"Vovó, como você se livra da tristeza?"

 

"Vovó, como você se livra da tristeza?"


- Primeiro lave-a com suas preciosas lágrimas. Até ficar sem ela. Quando você a tocar completamente com seu remédio salgado, comece a lavar suas roupas também. À mão, como foi feito uma vez. Toque em todas as impurezas de suas roupas e com determinação, paciência e bom sabonete enfrentam as manchas. Reconheça-as e depois se livre delas. Com gratidão, pelo grande trabalho interior que elas estão levando você a fazer. "


"E a tristeza vai embora?"


"Ainda não. Porque ele não terá completado a missão que cumpriu. 
Seque calmamente cada lágrima, sinta o último fluir em seu rosto, abandone-se a esse estado de esvaziamento. Depois pendure suas roupas uma a uma, deixe-as secar ao sol e ao vento. E aprecie o espetáculo de vê-los voltar lentamente a secar, renovados, limpos e regenerados. Suas roupas representam suas roupas interiores, as partes de você que precisam ser trocadas, limpas e purificadas ".


"Será que a tristeza nos leva a uma purificação?"


"Sim, meu filho. Pense na tristeza trazida pela chuva que banha e limpa tudo. Só para trazer cura. Para remediar a secura, a sede e o ar viciado. A tristeza é como uma deusa que quer criar você. Quando chegar dedique um altar a ele e observe o tsunami que lhe dá origem. É exatamente nessa cachoeira interna que você encontrará o poder capaz de iluminar seu caminho. "

Elena Bernabè

 

 

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10222440484230447&set=a.1448422620099&type=3&theater

 

"Nonna, come si fa a mandare via la tristezza?"
"Prima lavala con le tue preziose lacrime. Finché non ne hai più. Quando l'hai toccata completamente con la tua medicina salata inizia a lavare anche i tuoi panni. A mano, come si faceva una volta. Tocca ogni impurità dei tuoi abiti e con determinazione, pazienza e del buon sapone affronta le macchie. Riconoscile e poi liberati di esse. Con gratitudine, per il grande lavoro interiore che ti stanno portando a compiere."
"E la tristezza se ne andrà?"
"Non ancora. Perché non avrà completato la missione che è giunta a realizzare. Fai asciugare con calma ogni tua lacrima, percepisci le ultime scorrere sul tuo viso, abbandonati a questo stato di svuotamento. Poi stendi i tuoi panni uno ad uno, falli asciugare al sole e al vento. E goditi lo spettacolo di vederli pian piano ritornare asciutti, rinnovati, puliti e rigenerati. I tuoi panni rappresentano i tuoi abiti interiori, le parti di te che hanno bisogno di essere cambiate, pulite, purificate."
"La tristezza giunge per portarci ad una purificazione?"
"Si, bambina mia. Pensa alla tristezza portata dalla pioggia che tutto bagna e pulisce. Solo per portare guarigione. Per porre rimedio alla secchezza, alla sete, all'aria stantia. La tristezza è come una dea che ti vuole innalzare. Quando arriva dedicale un altare e stai ad osservare il maremoto che fa nascere in te. E' proprio in quella cascata interna che troverai il potere in grado di illuminarti la via."

Elena Bernabè

 

 

OLINDA GUEDES é mãe.

Sua primogênita é Nina Maria. Apaixonada pela vida, escreve com o coração o que cabe em palavras. Além do Aparente, o segundo livro de sua autoria , diz muito mais sobre Constelações.

Conduz, no Instituto Anauê-Teiño, a Escola Real, uma Escola de Saberes Úteis. Uma iniciativa cujo objetivo é trocar saberes das diversas ciências com o propósito de uma vida mais feliz, próspera e saudável.

https://linktr.ee/olindaguedes

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
OLINDA GUEDES
OLINDA GUEDES Seguir

Oilá, gente linda! É uma boa história a minha vida... ainda temos muito a viver. A parte mais linda é ser "Mamain" das duas princesas Nina Maria, Camila Maria e dos cinco príncipes cavalheiros...

Ler conteúdo completo
Indicados para você