[ editar artigo]

5 MITOS SOBRE A ANSIEDADE

5 MITOS SOBRE A ANSIEDADE

A ansiedade é considerada a condição de saúde mais marcante do século, pois seus sintomas e suas causas estão intimamente relacionadas com o modo de vida atual.

Porém a “ansiedade "é cercada de tabus e mitos que, inclusive, atrapalham as pessoas na busca por ajuda da forma adequada.

De acordo com organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil em 2017 exibia a maior taxa de pessoas ansiosas de todo o mundo.

Descubra 5 mitos sobre este sintoma:

“Estar ansioso é algo ruim”:

Ansiedade é um fenômeno humano e tem funções importantes. Ter ansiedade, em um nível controlável, é algo que faz com que nos preocupemos com aquilo que precisamos nos preocupar. Também é algo que nos protege de potenciais riscos, situações e perigos diversos. O problema é quando a ansiedade passa a ser contínua e desproporcional, trazendo sofrimento e impactos negativos em nossa vida, gerando transtornos de ansiedade.

“Nunca mais terei transtorno de ansiedade! Foi só uma fase e estou curado!”

Muitas vezes os transtornos de ansiedade são precipitados por estressores comuns da vida, tais como: dificuldades financeiras; dificuldades nos relacionamentos, conflitos de caráter conjugal e com familiares; luto, etc. Há também questões bioquímicas cerebrais e genéticas que, infelizmente, conferem um risco de recaída aumentado para os indivíduos que inicialmente se recuperaram de um transtorno ansioso.

“Posso controlar minha ansiedade sem ajuda”

De fato, todos nós temos algum grau de autorregulação, por este motivo em estágios iniciais de um quadro de ansiedade, talvez possamos melhorar utilizando estratégias próprias, sem ajuda de um profissional.

Exemplo: Exercícios físicos, meditação, leitura etc.

A questão é quando a ansiedade já está em um nível incontrolável. É neste contexto que o profissional de saúde mental, como o terapeuta, psicólogo deverá atuar auxiliando na recuperação da saúde mental.

“Afastar-se da causa da ansiedade faz com que ela suma ”

Suprimir seus pensamentos torna-os mais fortes e frequentes e esquivar-se do sentimento não é uma boa saída, afinal passa a impressão de que nada está acontecendo, quando na verdade muitas coisas estão acontecendo dentro de você, e quanto mais se evita o problema, pior ele fica.

“Bebidas alcoólicas ajudam a combater a ansiedade”

Em muitos casos, as pessoas com ansiedade podem recorrer as bebidas, para escapar de uma sensação ou uma situação. A impressão de tranquilidade trazida após goles e goles é passageira – e pode acarretar ainda mais problemas, como a dependência.

 

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você