[ editar artigo]

A FELICIDADE PODE SER APRENDIDA POR MEIO DO AMOR

A FELICIDADE PODE SER APRENDIDA POR MEIO DO AMOR


O módulo 9 sobre constelações em grupo on-line, Olinda Guedes nos orienta com várias informações importantes. Começando sempre seus atendimentos em grupo com meditações, orações e principalmente com música e arte.

A meditação conduzida onde ela diz para a gente imaginar os pais como um retrato antigo, colocando o pai no ombro direito, a mãe no ombro esquerdo e atrás deles estão os pais dos nossos pais, e aos poucos esse leque vai se abrindo e a gente vai percebendo o quanto a vida veio de longe e vamos vendo todos os nossos antepassados, olhando pra eles e também quem sabe o país de origem. 

São tantos países da Europa, da África e a gente vai percebendo a presença de cada um deles. Vai surgindo a vida, as luzes, os desafios de cada um, as habilidades, os talentos e no final da meditação ela diz para a que a gente possa imaginar e dizer que todos pertencem: “eu vejo vocês.”

Toda família é certa para nós, afinal de contas é de lá que veio a vida. Pessoas felizes elas amam seus pais e se sentem amados por eles, por isso também amam outras pessoas e são amadas por elas. Já os infelizes rejeitam os pais, um deles ou ambos, não se sentem amados por eles, por isso também tem dificuldade de amar outras pessoas e são amados por poucos.

O movimento de amor dos filhos para com os pais é enorme, temos fome de ser amados e um grande medo de não sermos amados. Mas o amor adulto é aquele que consegue se amar mesmo assim, sem expectativas, mesmo não recebendo aquilo que gostaria.

Olinda nos ensina que pela análise transacional é aprendido que devemos nos cuidar, nos querer bem, cuidar da gente, nos mimar e principalmente ser agente mesmo. “A pessoa que se mima é carinhosa e a que não se mima é carente.”

Pude compreender que ao estarmos na posição de terapeuta precisamos principalmente nos despir dos julgamentos perante aquela pessoa. Ela precisa ocupar um bom lugar no nosso coração para que possamos atendê-la, é preciso respeitar o destino de cada um.

Saber das nossas raízes, entender a nossa descendência, pesquisar sobre o nosso DNA e com isso, podemos criar mais canais de conexão com as nossas origens e assim tornar a constelação um estilo de vida e uma prática diária nas nossas relações.

Olinda nos ensina nesse módulo que sua linha de trabalho é a linha da simplicidade, do acolhimento, do amor e que o terapeuta nunca deve ser maior que o cliente, o cliente deve ser tratado com amor num local onde ele se sinta bem, sem ser constrangido.

Nosso consultório deve ser um lugar de beleza e simplicidade onde o cliente possa se sentir a vontade, com objetos, com quadros de frases, água, flores, chás, almofadas de crochê, etc.

Para finalizar, compreendi que a felicidade ela pode ser aprendida por meio do amor e isso foi o que mais me marcou nesse módulo, essa frase da qual dei o título desse texto.

Acredito que essa é a grande chave para ajudar o nosso cliente a encontrar um sentido para sua vida.

 

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você