[ editar artigo]

A IMPORTÂNCIA DE UMA BOA BASE

A IMPORTÂNCIA DE UMA BOA BASE

Uau! Como sempre diz a querida Olinda.

Quantos insights eu tive nesse módulo! E é notório o quanto um bom alicerce faz diferença na vida de um ser humano. Uma boa base, implica em uma criança sendo atendida nas suas limitações, anseios, dúvidas, carências.

Como seria fantástico se tudo isso fosse visto de maneira humana e empata não é mesmo? Vemos infelizmente na prática, uma sociedade doente, com pais preocupados com o campo profissional, com profissionais da educação enfrentando diversas dificuldades no desempenho do trabalho, com um tipo de ensino inadequado as novidades do século XXI.

Sim, porque mesmo lá na década de noventa, eu mesma fui vítima do despreparo dos educadores com duas situações que vivia, uma o TDAH que fui descobrir na vida adulta, até então era somente uma dificuldade de aprendizado muito grande confundida com falta de atenção, e o título de fraca, diversas vezes citada pelo corpo docente, o que de fato, resultou em uma crença de incapacidade. 

O outro, foi que nessa mesma época havia perdido meu pai aos nove anos, o que sem dúvidas desestabilizou consideravelmente a minha família, a minha mãe foi acometida por uma depressão por muitos anos.

A escola tinha conhecimento, mas este olhar humano não foi praticado, e as minhas questões não foram levadas em consideração, resultado disto; uma adulta insegura, por vezes estúpida como forma de defesa, e com um descompasso na educação enorme, que ainda sinto, confesso, e agora na fase adulta, vou de encontro a tudo isso, provando para mim que não há como voltar ao aprendizado limpo que temos na infância, mas ir descobrindo as minha capacidades e entendendo os meus limites, adequando o meu aprendizado a tudo isso.

Esse relato, foi bem na verdade um desabafo ao modelo deficitário de ensino que ainda temos nesse pais. E que com certeza com esse olhar sistêmico proposto pela professora, sem duvida alguma, será uma forma de não somente estar formando pessoas verdadeiramente letradas, o que de fato infelizmente não vemos há várias gerações no ensino público, mas como também seres humanos capazes de lidar com todos os conflitos de uma vida adulta.

É claro que não quero com isso, responsabilizar somente as instituições de ensino e o método adotado, mas sim, um trabalho multidisciplinar, em que família, escola, comunidade, profissionais da área, trabalhem de maneira concomitante na construção desse ser.

Vale ressaltar também, como bem citado pela professora, a importância das funções PAI e MÃE bem definidas no processo de formação desse futuro profissional. Ora! O que alguns anos atrás seriam inimagináveis, como todo esse conhecimento que a constelação sistêmica nos traz, vimos e fomos a consequência dessa falta de conhecimento inclusive, agora com todos esses novos modelos, formas de pensar, de olhar para vida, da abertura e convite ao debate, a empatia, a solidariedade, creio termos munição suficiente para formarmos crianças saudáveis, e adultos fortes, maduros e autênticos.

E digo todos! Enquanto sociedade somos todos responsáveis. 

E com isso, todo mundo ganha! A economia e o desenvolvimento do pais, agradecem.

Querida Olinda, será que estou sendo sonhadora demais? Espero que não. Porque como vitima desse modelo, o qual inclusive não conformo com essa palavra, hoje, na condição de adulta, tento lidar com o desconforto do meio acadêmico e tudo que vem desse universo e todas as consequências que isso me traz.

Vou ao encontro a esses desafios, o que de um ponto de vista positivo, é muito favorável a minha vida profissional. Venho de uma família em que a maioria optou pela licenciatura, alguns lecionam até hoje, outros infelizmente desistiram dessa tão bonita profissão.

Daí já deu para perceber o meu descontentamento e desabafo, e claro, a certeza de ser um ótimo tema para ser olhado dentro do meu sistema.

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Emanuelle Miranda
Emanuelle Miranda Seguir

Olá! Sou Emanuelle, filha de Herculino e Rosângela, sou mineira e apaixonada por esse universo sistêmico. Atuo como Terapeuta Integrativa, sou Mestre em Reiki, terapeuta em EFT, Florais de Bach e outras técnicas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você