[ editar artigo]

A QUEM ESTOU SENDO LEAL?

A QUEM ESTOU SENDO LEAL?

Estou encerrando aqui o módulo 2, que fala sobre as leis do amor e os movimentos que curam e vejo como faz sentido em minha vida a  frase da mestra: antes da felicidade somos leais. 

Como é forte isso!

Desde que estou tendo a oportunidade de ter acesso a esse conhecimento venho me perguntando a quem estou sendo leal.

Tenho certeza que existem emaranhamentos e lealdades em meu sistema, que estão refletindo em minha vida, pois vejo que meus sentimentos de medo, impotência, depressão e vontade de só dormir, são muito desproporcionais ao contexto da minha vida.

A cada aula tenho buscado entender porque renuncio à minha felicidade e não vivo uma vida de sucesso, como poderia ser.

Me tocou muito quando ouvi que para ser feliz precisamos estar no nosso lugar e até ser um pouco desleal em relação aos nossos antepassados, visto que nem tudo que vem na memória  coletiva familiar é saudável e faz bem para nós.

As constelações familiares trazem à consciência esses vínculos de sofrimento e a possibilidade, de através do amor, fazer diferente para nós e para as gerações futuras, incluindo todos aqueles que foram excluídos e que clamam por pertencer.

Somente através do amor do espírito, da compaixão, empatia, perdão e conhecimento podemos nos libertar desses emaranhamentos e viver uma vida de sucesso, curada e feliz. 

 

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você