[ editar artigo]

A SEXUALIDADE E A AFETIVIDADE

A SEXUALIDADE E A AFETIVIDADE

Um tema tão antigo e tão atual, ao mesmo tempo.

Não se fala muito, nem se fala tudo, mas tudo o que é vivenciado não cabe em palavras. Um ato sexual é capaz de gerar vida e destruir vida. A afetividade constrói, a falta de afetividade destrói.

Sexo serve para perpetuar a espécie, porém, somos frágeis, magoáveis, marcáveis, e isso ocorre continuamente, desde que o mundo é mundo.

Quem não conhece nenhuma história de abuso? por parte de um familiar, muitas vezes? Alguém que poderia e deveria estar ali para dar afeto, amparo e proteção foi justamente o que violou, o que falhou.

Onde está a raiz deste problema? Quem permitiu ou até contribuiu para que esse violador fosse quem é? será que foi violado também? São tantas perguntas... e marcas.

Um sistema com a afetividade e a sexualidade desequilibradas é um sistema que precisa ser ajustado, todos estão sentindo e sendo influenciados pela desarmonia. Creio que muitas noites escuras são vivenciadas por desequilíbrios vindos destes desajustes, afinal de contas, quando uma pedrinha, por menor que seja, cai em um lago, mais cedo ou mais tarde, a onda provocada por este acontecimento chegará ao outro lado do lago, é só uma questão de tempo. 

Tudo o que sentimos e vivemos fica reverberando em nosso sistema, olhar cada vez mais para nosso sistema e sintomas afim de buscar e vasculhar pontas soltas é essencial.

Nossa atitude investigativa deve ser amorosa também, afinal, o amor pode curar. Seja gentil na sua busca, nos julgamentos  e assim terá descobertas e poderá organizar seu sistema e limpar cada vez mais esses desajustes. Até que um dia as ondas da pedrinha param, o movimento cessará.

Com paciência e persistência.

Essa é a meta. Ultrapassando os limites do desconforto físico que este módulo me causou cheguei até aqui. 

Gratidão até aqui!

Thalita.

Constelações Sistêmicas

TAGS

mod7

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você