[ editar artigo]

AGORA EU TE VEJO, AGORA EU SEI

AGORA EU TE VEJO, AGORA EU SEI

RESUMO DO MÓDULO

A providência divina não se distrai. Não sejamos pessoas distraídas, disposição de não se distrair.

Victor Frankl (Logoterapia) diz que “Quando a pessoa tem um sentido para viver ela tem um recurso fundamental para passar por qualquer adversidade da vida.’’

Para podermos ajudar as pessoas precisamos ter como foco facilitar a outra pessoa trazendo a tona o seu sentido de vida. Recuperamos o sentido de vida através de contextos como um ambiente organizado de forma afetiva, mesmo que seja em casa. O ambiente não deve ser muito sofisticado para não afastar as pessoas, deve ser um espaço confortável, sistêmico, um belo que não constrange, sem erudição, mas que também não desperte o campo de dor imediatamente.

Quando entramos em contato com um contexto que nos remeta ao nosso sistema, nos sentimos pertencentes, assim nosso sentido de vida aflora.

Todo terapeuta ou profissional de ajuda não pode atuar como tribunal, como julgador, neste caso afastou a pessoa da possibilidade de cura. O lugar de um terapeuta é um lugar de amor, em que o cliente se sente seguro e acolhido.

É importante olhar além do aparente, a ciência existe para nos orientar. O perdão é um ato divino, quando perdoamos libertamos a nós mesmos. O não julgamento é a forma humana possível de perdão. Nós só podemos atender alguém se esta pessoa ocupa um lugar no nosso coração.

Entender o significado sistêmico dos sintomas é para ajudar, não para julgar porque julgar não cura, não ajuda.

O significado sistêmico dos abortos espontâneos pode ser uma tentativa do sistema de prantear aqueles que partiram sem pranto, sem lamento, sem saudades, e um dos grandes erros é que os sistemas continuam tomando como invisível a morte. A forma de fazer isso não é dizer “eu tive dois filhos e quatro abortos espontâneos”. Por isso Cristo disse “pai perdoa, eles não sabem o que fazem. O correto seria dizer “eu tenho sete filhos.”

Quando abortos espontâneos ocorrem nas mesmas datas de mortes de pessoas da família, está mostrando morte de gemelares por meio de abortos espontâneos em gerações anteriores que não foram vistos.

As constelações épicas trabalham com temas de vida e morte, que são temas divisores de águas dentro de um sistema. Uma das características principais das constelações épicas é que olhamos para as soluções. Outra característica é que elas exigem de nos reconciliação, tomada de consciência, exigem disposição para fazer o que e necessário. É preciso muito cuidado ao tomar assuntos de vida e morte porque muita culpa é mobilizada, muito ressentimento pode vir a tona, constelações épicas tratam sobre traumas ou temas traumáticos.

Nós percebemos os efeitos, principalmente de abortos provocados, quando existem alguns sinais dentro dos sistemas como por exemplo: um medo inexplicável de morrer subitamente. Percebemos também o efeito de abortos provocados na dificuldade de dormir, os adultos sempre ficam vigilantes, e as crianças tem pesadelos. Aqui é uma frase bastante pesada “o assassino não dorme em paz”, a outra frase “a vítima não confia, quem foi traído não confia”

Portanto ter um sono leve e estar sempre atento pode ser um dos sinais de memória traumática pessoal ou transgeracional de abortos provocados.

A vida é sem dúvida o bem mais precioso. Sabemos, frequentemente, de casos de mulheres que tem como recomendação médica interromper a gestação e, contrariando a recomendação muitas dessas mulheres levam a gestação adiante e não só ganham os seus filhos como aquele sintoma que poderia prejudicar sua vida desaparece.

Diante da vida nós temos apesar uma pequena liberdade, e ela é sempre suficiente, a liberdade de dizer sim.

Decisões incondicionais pela vida muitas vezes asseguram milagres. Milagres exigem de nós , principalmente que não tenhamos dúvida, o amor sempre trás de volta, inclusive quando a vida está em perigo o amor trás de volta, e amor aqui é SIM para a vida. Interromper uma gestação em função de uma situação de saúde é um homicídio em legítima defesa.  

Quando os abortos são espontâneos contatamos alguns sinais como, tristeza em forma de melancolia, sensação de vazio, como se estivesse faltando algo, também por ter desejos inconscientes de socorrer, um sentimento de perigo, também um sentimento de solidão, de transparência, uma sensação de que ninguém me vê, existo mas, ninguém me vê.

Uma sensação de vontade de pedir socorro mas, ao mesmo tempo uma certeza de que ninguém vai perceber, ao perceber estes sintomas, imediatamente podemos pedir para a pessoa fechar os olhos e imaginar quantas pessoas não nascidas.

E dizer a eles “agora eu te vejo, agora eu sei”.

Uma forma de curar a saudades que os filhos tem dos irmãos não nascidos. É através do  amor que  traz de volta o amor de nossos filhos através dos amigos dos filhos.

Febre é sempre raiva, raiva de não conseguir resolver algo, é sinal de conflito ativo. Cada vez que colocamos o amor tocamos o corpo de dor do sistema. É importante ter serenidade para cuidar, meditar para o outro, para que o outro melhore.

A vida sempre recompensa a ação, a dedicação sempre será recompensada.

#mod11

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você