[ editar artigo]

AMOR E PERTENCIMENTO

AMOR E PERTENCIMENTO

Papai e mamãe, meu porto seguro.

Querido papai Elpídio, querida mamãe Maria de Lourdes, falar de vocês é emoção, gratidão por ser filha de vocês.

Papai veio de uma família que eram onze filhos, meu avô José eu não sei muito mais trabalhou na lavoura para criar os filhos, a vida não foi muito fácil.

Minha avó Maria Pilar sei pouco também mas era muito séria e brava.

Eu  vejo vocês meus avós sigam a vida vocês merecem, deixem a família na paz que merecem que cada um ocupe o seu lugar.

Papai estudou até a quarta série, lembro que tinha boa caligrafia e as pessoas traziam convite para ele escrever, sempre acolheu a todos da família pois morávamos na cidade.

Trabalhou um tempo em obras na estrada, mas um dia neste trabalho seu primeiro filho que estava com ele caiu da máquina e a roda passou por cima, foi muita dor e o chefe trouxe ele para trabalhar no escritório na cidade.

Tive uma infância com tudo que é de bom, carinho, amor, atenção.

Papai sempre almoçava com um dos filhos pequenos, pois erámos oito e hoje somos sete mais quatro no céu, também contava história para nós, ele ficava na cadeira de balanço e nós sentávamos no chão.

Eu sempre gostei de aprender, como papai trabalhava no DER,  escritório na frente de casa, no final de semana quando tinha algum coisa para fazer eu ia junto, papai era muito calmo e amoroso, aprendi parte de contabilidade com ele, era muito ligada ao papai mas a vida foi curta, fez a passagem com 52 anos.

Gratidão papai pelo carinho, ensinamentos, pelos 12 anos que estive com você, te amo eternamente.

Eu vejo você papai entendo e compreendo siga sua vida em paz.

Deixe a mamãe, filhos, netos e bisnetos que cada um ocupe o seu lugar. 

Mamãe também veio de uma família grande, meu avó Evaristo, não sei muito, não conheci, era português , autoritário, enérgico  com os filhos sempre quis tudo do bom e melhor para ele, deixando um pouco a família passar por necessidades, minha mãe e irmãos guardaram magoas e sofreram muito .

Minha avô Maria André sofreu junto com os filhos , não conheci também sei  que partiu deixando um bebê e os outros filhos.

Meus avôs vejo vocês, sigam a vida vocês merece, deixe a família na paz que merecem, que cada um ocupe o seu lugar.

Mamãe  sempre foi autoritária e enérgica, sei o quando sofreu e tudo que passou não foi fácil, queria estudar e vovô não deixou ela e a irmã estudar por serem mulheres.

Ela lutou mesmo quando  ficou viúva, para que os filhos pudessem estudar.

Todos nós respeitamos , até hoje adultos e  nossos filhos e netos.

Ajudei a cuidar dos meus irmãos menores, procuro fazer tudo para ela estar feliz, alegre e ser confortável para ela, hoje com 91 anos ansiosa, inquieta e com demência.

Mamãe eu vejo você , sei que ainda tem lembrança de sofrimento, mas fica em paz, viva a vida e seja feliz. 

Tenho muito carinho e sentimos orgulhoso de nossa mãe, pois a vida não foi fácil, muita luta e sofrimento.

Recebi muito amor e dou muito amor.

Gratidão aos meus pais por me darem a vida.

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você