[ editar artigo]

ANCESTRALIDADE

ANCESTRALIDADE

A ancestralidade que me permeia.
Minha vó,  carinhosamente chamada de Marica, foi "costureira de dores".

Nunca aprendeu a ler.
Nunca leu seu próprio nome.

Registrou sua vida sendo benzedeira.
Escreveu através do poder das ervas e de suas rezas.
Arruda.

Fé.

Tá costurado.

Incendeia.

No seu documento escreveram analfabeta.
Deveriam ter escrito curandeira.

A ancestralidade que me permeia.

Por: India Andrade

@sigovestidadepoesia

* Para se vestir de poesia

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Indianara Pereira de Andrade
Indianara Pereira de Andrade Seguir

Poetisa de alma. Apaixonada por palavras. Cantadas, faladas, escritas. Palavras mudas, também. Dançarina de corpo. De vida. Aqui poesia é feito café! Todo dia. Viajante, do mundo, de mim. @sigovestidadepoesia Nasceu do curso de constelação. Gratidão

Ler conteúdo completo
Indicados para você