[ editar artigo]

AO MASCULINO DO MEU SISTEMA, PAZ.

AO MASCULINO DO MEU SISTEMA, PAZ.

Por mais difícil que tenha sido nossa relação vô, pai, filha, é impossível negar; eu sou parte de vocês.

Como é bom reconhecer que sim, vocês vivem através de mim!

Eu me olho no espelho e vejo os traços que herdei de cada um.

Como é bom saber que já não há mais guerra e que todos podemos retornar para a casa.

Voltar para o lar, onde os veteranos da guerra podem repousar e seus descendentes ouvir as histórias daqueles dias de dor, saudades, prisão, solidão.

 Daqueles dias de travessia do mar, da despedida dos que amavam, daqueles dias onde lutavam apenas para sobreviver e manter seus filhos.

 Daqueles dias que já não existem mais, já foram.

Cada um enfrentou suas próprias batalhas, alguns venceram, outros tombaram, mas todos fizeram o melhor que puderam e graças a cada um de vocês a vida fluiu.

 

Gratidão!

 

"Eu tomo a vida que veio de vocês,  tudo, o lado luz e o lado sombra, tomo a vida em sua totalidade e pelo preço que custou a cada um de vocês e a mim também. Eu tomo a vida com gratidão e posso escolher fazer um pouco diferente, não melhor, apenas diferente, pois o meu corpo físico só existe porque vocês vieram antes. Grata estou!

Ana Rodrigues 🌻

 

Ó mar salgado, quanto do teu sal

São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!

Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu.

Fernando Pessoa.

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você