[ editar artigo]

APRENDER A AJUDAR

APRENDER A AJUDAR

 

"A resposta certa, não importa nada: o essencial é que as perguntas estejam certas". 

Inicio esse texto com essa frase deste poeta gaúcho Mário Quintana que também trabalhou como  tradutor e jornalista, e que está muito alinhada com as Ordens da Ajuda, do Módulo 08.

É necessário respeitar o que o cliente espera receber quando procura, através da Terapia Sistêmica, a solução para algo que está tirando sua paz, causando sofrimento.

Para cuidar do outro é fundamental que se aprenda como fazer e nesse aprendizado a importância da pergunta certa: 

O que você gostaria que acontecesse com você?

Somente quando há disponibilidade para enfrentar o caminho em direção da solução é que o terapeuta pode auxiliar.

A partir das mudanças que o cliente realiza em sua conduta o meio em que ele vive em ressonância, também se transforma.

A segunda Ordem da Ajuda orienta a tomar a realidade como ela é, o contexto de tudo.

A terceira, é sobre tratar o outro como adulto, protagonista de sua vida, para que seja criada uma relação de respeito.

A quarta esclarece a necessidade de olhar para o cliente como parte de um sistema, de um todo.

E "a importância do terapeuta se colocar ao lado de “Quem” contra “Quem” se têm uma queixa" (Dica Valiosa, da mestra Olinda Guedes).

Estar livre de julgamentos, críticas e respeitar o destino e reconhecer nossos limites, de que quando não conseguimos dar lugar no nosso coração, não é possível ajudar.

Sobre o livro A Arte da Guerra, do escritor chinês Sun Tzu, tem uma passagem que fez sentido para mim e de acordo com meu entender ressoa dentro desse tema que é:

“Não somos matéria fixa, podemos e devemos mudar. 

Não é porque algo nos traumatizou que sempre acontecerá.

 Através do autoconhecimento nós poderemos identificar nossos traumas e transformá-los”.

Em mim reverbera no sentido que nós é que giramos a chave da mudança. A nossa responsabilidade de transformar a realidade que nos causa dor é intransferível, porque podemos somente mudar a nós mesmos e precisamos ter flexibilidade e disposição para mudar nossos comportamentos.

Tudo aquilo que toca nosso coração constela e essa ação depende de nós.

O carinho nas orientações que damos ao cliente antes mesmo da sessão, o acolhimento, a forma de ouvir suas falas e perceber micro expressões, entonação de voz, um espaço de privacidade, são atitudes que demonstram o respeito e deixam a pessoa mais a vontade.

Ao final perguntar sobre suas percepções, como se sentiu, se tem alguma dúvida, se a sessão foi como o cliente esperava são formas de cuidar e de agir de forma sistêmica.

Porque, como diz a Mestra Olinda Guedes: "Constelação é atitude, constelação é assinatura!"

Escolher participar da Escola Real é comprometer-se em oferecer um trabalho de qualidade baseado em muito estudo e dedicação, mesmo que seja atendimento on line é real.

#mod08

 

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Mariana A. C. Pinheiro
Mariana A. C. Pinheiro Seguir

Sou entusiasmada pela vida, amo existir! Filha de João Henrique e Maria Cristina. Vivendo a experiência de ser mãe de dois amados, frutos do relacionamento com Gilmar, amor e parceiro da vida. Trabalho na educação e com terapia holística.

Ler conteúdo completo
Indicados para você