[ editar artigo]

AULA 2.5 LEALDADES E EMARANHAMENTOS - VÍNCULO DO AMOR INTERROMPIDO

AULA 2.5 LEALDADES E EMARANHAMENTOS - VÍNCULO DO AMOR INTERROMPIDO

 

Sabe alguém dramático?

Sou chamada assim, às vezes... Então, antes eu achava que eu era, que tudo era drama... Tudo era maior que eu... Tudo era trágico... Agora, eu me assumo assim, porque tudo é drama, tudo é dor, tudo é choro. Tudo é coração muito dolorido, mas muito mesmo.

Choro muito, muito...

Por dentro, tem um vazio, uma orfandade imensa, imensa do pai e da mãe, dos avós, dos bisos, dos trisos, e acho que até mais. Sinto uma vontade de chorar o tempo todo, por estar cansada, como criança com fome. Tudo dá tristeza, tudo está sem-sentido, e, às vezes (quase sempre), nem tenho vontade de viver... (ui, nem queria mais pensar e dizer isso, mas escapou e acabei dizendo) Faço as coisas só por fazer, para ocupar o tempo e não me sentir pior.

Após a aula muito chique, ouvi a sugestão da professora desta escola maravilhosa que era para escrever. Então, eu vim para cá e estou escrevendo, no impulso, mesmo sem ter lido o livro indicado "Bezame Mutcho" (acho que é assim que se escreve).  Nunca o vi, mas fiquei com receio de ler e minha alma doer ainda mais. 

Tudo que fala sobre carinho, afeição, abraços, afagos, me faz sentir muita, muita dor... Vou ver quando vou ler... Quero muito, mas... enfim, acho que entendem...

Quem sabe consigo chegar até a terapeuta e a constelação (constelações??) que tanto busco, ou elas cheguem a mim. Daí, logo logo, creio que lerei este texto e mais outros, com alegria, sem dor, sem choro. Quem sabe?

Pessoas companheiras de curso e jornada, é isso. 

Só constelando através da escrita mesmo, neste momento, para tentar parar de chorar. É que hoje estou muito esquisita (hoje?), porque me sinto cansada de escolas, aulas, relatórios. 

Quero ter mais tempo e deixar algumas aulas, mas preciso do sustento financeiro.

Também quero fazer algo que me dê mais tempo, cuidado e satisfação. Há vários e vários anos, essa tem sido a minha prece mais constante: que Deus me dê realização profissional e alegria no trabalho antes de partir, vixe!

E, por estar tão esgotada (puxa, ainda está no começo do ano letivo, Deus meu...), hoje chorei muito, por ter relatórios a fazer e ferramentas digitais a aprender.

Alguns colegas falam coisas (bobas?) atravessadas, que me fazem chorar... 

Choros cântaros (gostei do termo que a professora disse nesta aula).

Enfim, este foi um relato escrito para mim e para meus companheiros e companheiras de jornada na Formação Real.

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você