[ editar artigo]

BÔNUS III: CONSTELAÇÕES ÉPICAS - FUNDAMENTOS

BÔNUS III: CONSTELAÇÕES ÉPICAS - FUNDAMENTOS

 

“Deus não se distrai.”

Olinda recomenda a leitura das obras de Viktor Emil Frankl , autor e estudioso da logoterapia, terapia sentido da vida, que diz que “quando a pessoa tem sentido de vida ela é capaz de passar por qualquer dificuldade.”

Primeiro ponto pra ajudar alguém, é ajudar essa pessoa a recuperar o sentido de vida, identificar, trazer a tona, deixar disponível no coração dela o sentido de vida dela.

Como fazer isso? No além do aparente, sempre convide essa pessoa a recuperar o seu sentido de vida. O além do aparente é possível para todas as terapias. E dentro da abordagem, ferramenta terapêutica, devemos desenvolver de forma exclusiva, o paciente a encontrar o sentido de vida.

Recupera-se o sentido de vida oferecendo estímulos de contexto. Ex. deixar o consultório, o lugar onde trabalha de forma bem afetiva, bem sistêmico, gentil, macio, cuidar para não despertar o corpo de dor. Ser mais afetivo possível. A pessoa precisa sentir amor e proteção (para ajudar a pessoa a partir do que ela traz). Não posso atuar como tribunal, pois afasta a pessoa das possibilidade de cura. Ter cuidado para não atuar como julgadores, se não consigo fazer preciso me retirar, devo ajudar e não julgar. A gente não ajuda julgando, ajuda ouvindo, contemporizando.

Quando há julgamento, a pessoa não consegue desenvolver, ela só percebe que aquilo que ela fez causou algum dano a alguém e aí ela vai ter uma punição por causa disso.  Por isso o terapeuta precisa agir com muito amor, o lugar do terapeuta é um lugar de amor. O cliente precisa se sentir pertencente, seguro, aí ele vai muito rápido recuperar o sentido de vida dele.

Constelações Èpicas é um tema que toca o nosso coração, toca diretamente a violação de direitos humanos, que toca a vida de inocentes. É um tema muito difícil de trabalhar, de pensar do ponto de vista da vítima. É um tema que exige muito de nós. Ao tocar esse assunto, tocamos a transcendência, a condição de destinos e o entendimento espiritual da vida. Em primeiro lugar é necessário o perdão. É muito importante transcender, olhar além do aparente.

Bert Hellinger diz que o perdão pertence a Deus, e nós humanos só temos a      condição de desculpar. Olinda Guedes pensa diferente: que o perdão é um ato divino, e discorda de dizer, ensinar para as pessoas que só Deus perdoa e entre nós nos desculpamos. Porque existe circunstâncias da vida, que a gente precisa se amparar no coração divino que habita em nós e deixar a voz de Deus se expressar por meio do nosso coração. Porque se não vamos viver magoados e ressentidos, chateados e não vamos libertar nossos irmão.

O não julgamento é a forma humana, possível do perdão. Constelações Épicas é fundamentada no perdão ou auto perdão. Só podemos entender alguém se essa pessoa tiver lugar no nosso coração entender o significado dos sintomas é para ajudar, não é para julgar. Porque julgar não cura, não ajuda.

Constelações Épicas trabalham com tema de vida e morte, com temas que são divisores de água dentro de um sistema e uma das características principais da constelação épica é olharmos para as soluções, exigem de nós reconciliação, tomada de consciência, disposição para fazer o necessário.

É importante ter muito cuidado ao tocar assuntos de vida e morte, para que é muita culpa imobilizada, muito ressentimento pode vir à tona. Constelações Épicas tratam de temas traumáticos. Nós percebemos os feitos, principalmente de abortos provocados, quando existe algum sinal dentro do sistema. Ex. medo inexplicável de morrer subitamente. Percebemos também o efeito de abortos provocados na dificuldade de dormir, os adultos ficam vigilantes e as crianças tem pesadelos.

“O assassino não dorme em paz”.

“A vítima não confia”.

“Quem foi traído não confia”.

Portanto ter sono leve e estar sempre atento pode ser um dos sintomas de memória traumática pessoal ou transgeracional de abortos provocados.

“A vida sem dúvida é o bem mais precioso”.

Sabemos frequentemente de casos de mulheres que tem como recomendação médica interromper a gestação e contrariando a orientação médica, muitas destas mulheres, levam a gestação adiante e não só ganham os filhos como aquele sintoma que poderia prejudicar a vida, desaparece.

Diante da vida temos apenas uma pequena liberdade e ela sempre é suficiente. A liberdade de dizer sim.

“Milagres exigem de nós, principalmente quando não temos dúvida”.

"O amor sempre traz de volta." Inclusive quando a vida está em perigo, o amor traz de volta. Sim para a vida. 

"Interromper uma gestação em função de uma situação de saúde é um homicídio em legítima defesa."

Abortos espontâneos e seus efeitos no sistema quando constatamos alguns sintomas como: melancolia, sensação de vazio, falta de algo, desejos inconscientes de socorro, sentimento de perigo, solidão, transparência, que ninguém me vê, sensação de vontade de pedir socorro mas uma certeza que ninguém vai perceber. Ao perceber esses sintomas pedir para a pessoa fechar os olhos e imaginar quantos irmãos não nascidos, pode ser os irmão dos pais ou avós, ou os próprios irmãos, e dizer a eles: “agora eu vejo, agora vocês são flores ou pérolas, estrelas e daqui alguns dias darei um nome para cada um de vocês. Agora eu vejo, agora eu sei. O amor sempre traz de volta. Que bom que agora as estrelas sorriem para mim”.

 

#bônus3   #constelações épicas  #constelaçõesfamiliares  #sentidodevida

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você