[ editar artigo]

CARTA AOS ANTEPASSADOS

CARTA AOS ANTEPASSADOS

先祖への手紙

"A vida de todo ser humano está ligada aos antepassados. Se não agradecermos as raízes da vida, seremos como a flor amputada do caulé, por mais que seja bela e vistosa, logo murchará." Seicho Taniguchi

Na Seicho-no-ie (religião Japonesa) a árvore da vida, os antepassados são as raízes que sustentam e norteiam seu desenvolvimento. O tronco são os pais que fortalecem e impulsionam seu crescer. Os galhos e as folhas são os filhos que brotam e frutificam.

Gratidão aos antepassados é o alimento que nutre a árvore da vida.

Aos meus queridos antepassados, a palavra que me vem a mente é gratidão, pelo reconhecimento e agradecimento dos meus olhos puxados, cabelos e olhos pretos, por ser "raça amarela".

O pouco que convivi e aprendi com vocês, hoje me vejo que não nego minha raça, honestidade, respeito, educação são os ensinamentos herdados de geração a geração.

Amo a cultura japonesa, vocês meus antepassados. Minha família os que conheci aqui no Brasil, nunca perderam a essência da cultura. Um dos gestos mais nobres que tenho orgulho e de curvar a cabeça e o corpo para demonstrar saudação, respeito, agradecimento. Uma cultura linda com a prioridade a educação, respeito com todos os seres humanos (idosos, professores, pais...).

Através do meu pai, conheci a história de vocês meus queridos antepassados começa no Návio KamaKura aonde a família Ido (avô paterno), saiu da Província de Hyogo (Japão) em 12/01/1928 e chegando ao Brasil (São Paulo) em 15/03/1928, uma viagem de 62 dias. Imagino nesse momento quantos sentimentos se passaram a todos os imigrantes naquele navio, o medo, insegurança, união, sonhos de recomeçar e conquistar uma vida em outro lugar.

Estou aqui contendo minhas lágrimas e o aperto no peito é grande.

Continuando, já a família da minha avó paterna Akagi, saíram da província de Okayana em 30/04/1927, no navio la Plata-Maru e chegaram ao Brasil (São Paulo) em 17/06/1927 (viagem de 48 dias).

Vocês, vô e vó vieram pequenos com 4 e 1 ano, cresceram e trabalharam muito no campo aqui no Brasil, inicialmente no interior de São Paulo e na década de 30 foram para região Assaí-Paraná. Em março de 1945 se casaram e mudaram por volta de 1950 para o município de Alto Paraná, juntamente com os bisavós, tios, iniciando a implantação de cafezal adquirido pela família, com muito suor, trabalho, dedicação, honestidade, conseguindo o tão sonhado pedaço de terra, construindo um legado, uma família, onde nasceu meu pai amado.

Quanta saudades desse pedacinho de terra, fecho os olhos e lembro da plantação de café, laranja, a casa, o furô, minha bisavó uma pessoa tão pequena e um coração enorme, lembro até do cão guarda o "Perê".

Muita emoção estou sentindo nesse momento, alegrias, saudades, angústias e tristezas.

Quantas coisas passaram aqui no Brasil, as gozações, os julgamentos, preconceito linguístico, é não foi só vocês meus avós, meu pai até hoje ainda sofre esse tipo de situação nos momentos atuais. Vô amado Denjiro, quanta saudades, me chamava de "Camira", um homem trabalhador, lembro que já uma certa idade avançada e ainda trabalhava.

Minha Vó, também sinto saudades apesar de muitas coisas que meus pais passaram, sei que a senhora não fez por mal, apenas seguia suas tradições. Perdoo todos os meus antepassados pelas rejeição, micegenação, por não aceitação de ser Ainocô (mestiço, filho de uniões entre japoneses e outros povos).

Também perdoou por não aceitação de sermos mulheres, pois no sistema patriarcal que vocês vieram, a autoridade da família seria baseada no homem e passado para o filho mais velho do sexo masculino, único herdeiro legítimo das propriedades. Muitas histórias, lição de vida que eu perdoo, aceito e agradeço. Quando você se cura, você também curará seus antepassados e quando você fizer isso, você se tornará o ancestral que ajudou a curar as gerações futuras.

"Por trás de mim estão todos os meus ancestrais, me dando força. A vida passou através deles ate chegar a mim. E em sua honra a eles eu a viverei plenamente." Bert Hellinger

Arigatô e Banzai (Obrigado e Viva) #MOD 1

 

https://www.significados.com.br/banzai/

 

 

 

 

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você