[ editar artigo]

CARTA AOS ANTEPASSADOS

CARTA AOS ANTEPASSADOS

Hoje, neste final de tarde, me vejo a pensar em vocês meus queridos antepassados ... Sei que houve muita dor e abandono, minha mãe era maltratada por tias e obrigada a trabalhar desde pequena. Minha vó ficou viúva jovem com 5 filhos para criar.

Cada filho foi morar em uma casa para que pudesse ter um lar e alimento.

Após alguns anos, minha vó se casou novamente e, finalmente, os filhos puderam ser reunidos. Mais 7 filhos vieram fazer parte desse sistema e o trabalho na roça era duro para uma criança.  

Alguns momentos bons são lembrados, principalmente as brincadeiras, porém, a falta de afeto sempre existiu, como se não fosse necessário transmitir o amor. 

Com uma história de muito sofrimento, minha mãe nunca soube expressar o amor.

Foi infeliz no casamento, mas seguiu casada "pelos filhos" e, novamente, sofreu um abandono (emocional agora).

Meu porto seguro sempre foi meu irmão 4 anos mais novo que eu. Também era o porto seguro dele. 

Minha bisavó terminou a sua vida sozinha, em uma casinha no meio do mato.

Todos são de origem italiana, trabalhadores da roça, que não demonstram muito amor e empatia. 

Hoje eu incluo todos vocês no meu sistema. Sinto muito pelo carinho que não recebi de minha vó, de minha bisavó e de minha mãe que. Apesar de ser hoje uma mãe doce e uma avó maravilhosa, me deixou lacunas pela falta de atenção e carinho.

Sinto muito por tudo isso e incluo no meu sistema. Tenho orgulho da mãe que me tornei, porque não cometi essas falhas com minhas filhas. 

Respeito a cada um de vocês, queridos familiares, pois sei que deram o melhor de vocês naquele momento. Não cabe a mim julgar o certo e o errado.  

Agora vejo e aceito todos vocês.

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você