[ editar artigo]

CARTA AOS ANTEPASSADOS

CARTA AOS ANTEPASSADOS

   Queridos antepassados, maternos e paternos hoje eu os vejo e entendo todos seus sofrimentos e alegria que passaram para que eu estivesse aqui .

    Para poder contar o que sei segundo me informaram minha mãe e tia, me recordo das histórias sobre minha tataravó materna, antes achava bonita pois não tinha entendimento algum, mas consigo imaginá-la em sua juventude livre correndo pela mata adentro, pois era indígena, até o momento que apareceu meu tataravô e comparando a força de um homem com a de uma mulher, ela sempre é mais frágil... 

    Ele então a capturou com toda sua força e a tomou como esposa, daquela relação foi gerado seus descendentes. Sinto muito tataravó por ter demorado tanto para entender o que passou , você foi tirada de sua família e sua liberdade foi subtraída.  

   Gratidão!

   Hoje eu honro e reverencio seu corpo e sua alma, hoje me reconheço, pois tive que passar por  tudo um pouco para chegar e conhecer realmente e me identifico com você. Agora eu sei de onde encontrei a força, fé e esperança, pois mesmo tendo passado por todos os tipos de abusos que se possa imaginar, estou aqui agradecendo o sim pela vida que seguiu para adiante.

Segundo informações, meu vô era descendente de indígena e de alemão os seus pais.

   Sobre a parte da minha vó, sei apenas que deu a minha mãe pelo menos 2 vezes para estranhos, sei dos seus sofrimentos que passou, pois me lembro dela contar que ainda ainda criança foi dada, recordo dela dizendo que uma vez fugiu na primeira oportunidade, sua mãe tinha lhe dado para um senhor. já se dizia até que era comum esse tipo de prática, então acredito que agora está sendo a primeira geração em que os genitores estão cumprindo o papel de pais, pois até então os genitores não eram pais, infelizmente não foi passada está função, eu mesma tive apenas genitores e muito cedo também tive que ser adulta e acabei até como mãe no lugar de filha em todos os sentidos.

   Mas agradeço a minha vida, estou tendo a oportunidade de ser genitora e mãe e poder começar a mudar está história te honrando dignamente.

   Meus avós paternos hoje eu os vejo os reconheço e agradeço a cada um e os honro, me recordo das vezes que ia visitar minha vó, tão meiga e delicada... Era tão branca que parecia ser transparente, amava seu jeito e muitas vezes tinha medo de abraçá-la, era muito velhinha, mas gostava de ficar pegando em seus braços era uma pele bem molinha.

  Apesar de conhecer a  história em que e contava que ela tinha sido contra o casamento do meu pai com minha mãe, não me importava com o preconceito que minha mãe tinha sofrido. Sempre íamos passar o dia com ela, e as vezes depois da aula ia lá em sua casa para vê-la. Apenas 2 filhos homens não se casaram, meus tios que cuidavam dela. Minha tia disse que era descendente de italiano.

   Gratidão a cada um de vocês, pelo sim da vida por eu pode estar aqui com a oportunidade que não tiveram e os honro e reverencio por ser seu corpo e sua alma.

Constelações Sistêmicas

TAGS

Indig

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Leide Jane  Moreira
Leide Jane Moreira Seguir

Antes de conhecer sobre constelação era confusa, depressiva,perturbada, vivia angustiado era tudo um pouco e hoje depois de tantas buscas com psiquiatra, psicólogo em fim nunca senti tanta PAZ e amor hoje raras vzs fico ansiosa mas por pouco tempo GR

Ler conteúdo completo
Indicados para você