[ editar artigo]

CARTA AOS ANTEPASSADOS

CARTA AOS ANTEPASSADOS

 

Queridos antepassados quero dizer que os perdoo por tudo que tenham deixado para que eu os reverenciasse.

Vocês foram muito importantes para que eu chegasse até aqui. Vocês me deram a vida.

Eu os perdoo pelas falhas e noções errôneas que me passaram.

Voota, eu a perdoo por ter sempre dito que sexo era sujo. Não é, ele é bom, maravilhoso é uma das consequências do grande amor que sinto.

Vovô, o perdoo por ter prazer em jogar perdendo tudo conquistado em uma vida e trazer a mim o gosto de jogar baralho como brincadeira.

Dindinha, agradeço seu amor e cuidado que sempre teve comigo, me fizeram uma criança muito feliz e amada e um pouco mais imponderada.

Vovó Xara, eu a perdoo por ter pouco amor e cuidado por mim. A falta de cuidado com meu pai e minha mãe, sei que era o que a senhora pensava, sei também pra quem perdeu a mãe aos quatro anos teve grande dificuldade de saber o que era o amor. Sua irmã podia dar muito pouco  amor porque ela também tinha uma família.

Vovô Agenerio, eu o perdoo por não participar da minha infância. Fez muita falta, mas sei que o Senhor foi uma pessoa maravilhosa, sempre querendo que o amor prevalecesse a tudo, morrendo no momento que conseguiu a reconciliação de seus irmãos.

Mamãe eu a perdoo por não ser a pessoa que conversava muito, suas bravezas. Perdoo por nunca ter vontade de ter filhos. Perdoa-me por hoje não ter condições de ajuda-la. Perdoo seus conselhos errôneos que me passou. Sei que fez o seu melhor.

A senhora foi uma pessoa amargurada devido à vida que levou desde a infância:

- Buscar pai de madrugada na rua;

-Ter que dividir suas conquistas com quem não precisava;

-Por não suportar a bebida de seu marido.

Papai agradeço imensamente pelo seu carinho em todos os momentos importantes. Eu o perdoo pelas vezes que passei vergonha com o senhor. Nunca vi sua bebida, mas sofri muito quando fui interna-lo.

Gostaria de ser um pouco mais reconhecida por vocês.

O senhor e a mamãe deixavam uma criança com cinco anos cuidar dos irmãos, passar fraldas, muitas vezes cozinhar, com isso me tornei adulta muito cedo e tenho poucas lembranças de amigos ou brincadeiras na infância.

Mas como foi lindo escutar: Obrigada filha era tudo que sonhei.

Mamãe Maraiza, eu a perdoo por ter me ensinado a querer muito. Fui muito feliz ao seu lado. A senhora me ensinou a ser madrinha.

Papai Altahyr, obrigada por ter feito a vida da mamãe Maraiza feliz. Mas o perdoo por ter perdido toda a herança do vovô Barão.

Vovô Barão o perdoo por ter feito distinção entre as sobrinhas, deixando minha mãe de fora.

Enfim a todos vocês que fazem parte da minha existência agradeço e perdoo por terem me dado a vida. Se cheguei até aqui é porque vocês  fizeram parte muito importante em minha vida

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você