[ editar artigo]

CARTA AOS ANTEPASSADOS

CARTA AOS ANTEPASSADOS

Queridos antepassados,

Em primeiro lugar quero agradecer a todos vocês por fazerem parte do meu sistema familiar. Cada um de vocês colaborou para que eu fosse a pessoa que sou hoje.

A maioria de vocês eu não conheci, mas imagino que tiveram suas alegrias e tristezas, suas conquistas e perda, saúde e doença, dores do corpo e da alma também. Imagino que tiveram vida próspera, realizações pessoais e profissionais, casamentos, filhos, netos, ou ficaram solteiros, muitos tiveram vida longa outros morreram jovens e assim por diante. 

Mas, a realidade é que cada um cumpriu a sua missão nessa vida, ficando o tempo necessário e permitido. 

Aos meus pais, Mário e Francisca quero agradecer pela vida que me deram, do amor de vocês eu pude nascer.  Agradeço pelo amor, proteção, educação, valores de vida e de fé, ensinamentos de como ser uma pessoa honesta, responsável, trabalhadora e tudo o mais que foi possível com o que vocês tinham e sabiam na época.

Gratidão meu pai e minha mãe pelos irmãos que me deram, eles são meus primeiros e maiores amigos para a vida toda.

Queridos antepassados, sei que muitos são de origem italiana, avós paternos, avô materno e todos de suas ancestralidade. 

Do lado da avó materna a descendência é portuguesa e indígena.

Sei que meus avós paternos e avô materno vieram da Itália para o Brasil ainda jovens e solteiros, nem se conheciam. Vieram em busca de uma vida melhor, então vieram trabalhar na agricultura.

Deixaram seu país de origem e não deve ter sido fácil, deixar os familiares, amigos, a pátria mãe para trás e ir rumo ao novo, rumo ao desconhecido.  Ir para um novo lugar, com língua e cultura diferentes, eu imagino que tiveram medo, insegurança mas ao mesmo tempo alegria e esperança de dias melhores.

E assim foi passando o tempo e aos poucos foram se adaptando e se firmando na nova terra.  Casaram, tiveram seus filhos e foram seguindo a jornada e evolução normal de cada um.

Queridos antepassados, sinto que tenho muito de vocês em mim. Tenho alegria, perseverança, gosto muito da família reunida para uma conversa amistosa e para almoços que duram a tarde toda. Gosto muito de conversar e dar boas risadas.

Entretanto, também tenho medos e inseguranças que nem sempre tem causa aparente, porém, aos poucos, todo dia, vou buscando o autoconhecimento e também compreendendo que sou parte do todo, sou uma pequena parte de todo nosso sistema familiar que tem luz e sombra para integrar e que tudo tem o seu tempo. 

E assim, cheia de felicidade e me sentindo privilegiada, agradeço a todos vocês, todos vocês, meus queridos antepassados. 

Gratidão hoje e sempre.

 

Rita de Cássia Trevensoli

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você