[ editar artigo]

CARTA AOS ANTEPASSADOS

CARTA AOS ANTEPASSADOS

Sou Fátima Donizete Amâncio, enfermeira de formação, estudiosa em saúde alternativa. Ao estudar o módulo 1 deste curso, senti muito a presença dos meus avós que eram todos parentes, ou seja, meu avô materno era primo da minha avó paterna. Ambos tinham terrenos e eram bem abastados na época.  Casaram-se quando meu pai tinha 18 anos e minha mãe 21. Não sei dizer se em algum momento foram felizes, mas sei que desta união nasceram 6 filhas e 1 filho.

Apesar de meus avós serem sim abastados, não sei muito bem explicar o motivos pelos quais meus pais sempre passaram por problemas financeiros. Acho que era pelo vício de álcool que consumia a vida do meu pai.

Sempre vi minha mãe nervosa, irritada, amargurada, costurando todo tempo para ajudar a nos manter. Nós, os filhos, crescemos também muito irritados, sempre sofrendo. 

Hoje quero dizer aos meus antepassados que sou muito grata por tudo que vivi, por tudo que senti, pois agora sei que Deus conduz tudo, que toda dor pode ensinar grandes coisas e foi o que aprendi. 

Sou parte de vocês, meus queridos antepassados. Eu me curei de várias dores existenciais e hoje me sinto mais feliz, mais forte e mais solta. Olho para vocês agora e sinto uma imensa gratidão por terem existido antes e me permitirem a ter a minha vida. Vocês me fizeram ser quem sou hoje.

Gratidão por serem parte da minha história! 

Gratidão!

#cartaaosantepassados

 

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você