[ editar artigo]

CARTA AOS ANTEPASSADOS

CARTA AOS ANTEPASSADOS

Queridos antepassados,

Hoje, com muita emoção e amor no coração, me comunico de alma para alma com vocês através dessa carta.

Aos meus antepassados da Família Lachowski, pouco sei sobre vocês, para ser bem sincera nada sei além de que vocês vieram da Polônia para cá. Pego-me imaginando quão difícil foi para vocês essa travessia, quantos ficaram e sinto como um rompimento no coração daqueles que vieram, assim como daqueles que ficaram.

Pergunto aos meus tios e primos e a única resposta que tenho é que era proibido falar sobre a vinda de vocês da Polônia, vovó e vovô conversavam em segredos e na língua oficial para que ninguém soubesse o que falavam, quantos segredos? Quanto medo? Quanta dor?

Tive o privilégio de conhecer apenas minha vó Ana, não convivi muito com ela, mas pelo menos uma vez ao ano íamos visitar, quanta dor a sua morte causou ao papai, eu tinha 13 anos na ocasião e pela primeira vez vi meu pai chorar.

Querido vô Jose Lachowski eu não sei nada sobre você nem ao menos vi uma foto sua, mas gostaria muito de ter conhecido você.

Aos meus avós maternos Maria Madalena e José quero dizer que também gostaria de tê-los conhecido e convivido com vocês, meus tios quando se reúnem contam histórias sobre vocês, sobre como foram na infância deles.

Meus irmãos que também tiveram o privilégio de conviver com vocês também contam o quanto eram e ainda são amados por vocês, todo cuidado e dedicação que vocês tiveram com eles. Sei que minha irmã era o xodó de vó Madalena, ela sempre conta isso com a boca cheia de orgulho e amor.

Sei que a vida não foi fácil para vocês, assim como também não foi fácil para minha mãe e meus tios na infância, mas sei que vocês fizeram o melhor que podiam com os recursos e consciência que tinham, vocês criaram pessoas valorosas, corajosas, honestas e cheias de respeito e esses valores foram através de seus filhos repassados a nós, seus netos, e assim passaremos adiante.

No mais a mim resta o amor e a gratidão a todos que vieram antes de mim, honro a vida que flui em mim e que veio através de vocês, só é possível eu estar aqui porque vocês vieram primeiro e cumpriram com a sua jornada.

No meu coração trago cada um de vocês, com amor e, em honra à todos, sigo levando a vida para mais.

Gratidão!

Com amor Daiana Cristina Lachowski

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você