[ editar artigo]

CARTA AOS MEUS ANTEPASSADOS

CARTA AOS MEUS ANTEPASSADOS

Queridos antepassados, começo essa carta agradecendo pela minha vida e honrando todas as vidas que antecederam antes da minha chegada.

Não tive acesso a todas as histórias, mas posso incluir e honrar a todos em nosso sistema.

No momento vivo no Brasil, e aproveito a oportunidade para abraçar nossa pátria mãe Portugal, Itália e todas as outras que não tenho conhecimento, mas que fazem parte do nosso sistema planetário como judeus, ciganos, índios e negros e tantos outros.

Acolho a força e o amor recebido por todos vocês, que bravamente atravessaram o oceano de maneira tão precária, dolorosa, muitas vezes passando por frio, fome, medo e tantas adversidades para chegarem a esse destino.

Gratidão pela coragem de desbravar novas terras na busca da prosperidade e de uma nova vida para nosso sistema. E aos que foram arrancados de suas terras para serem explorados utilizo as palavras do Ho'oponopono, sinto muito, me perdoe, te amo e sou grato, como forma de honrar suas trajetórias de tanto dor e sofrimento. 

Hoje tenho a possibilidade de observar melhor nosso sistema, e entender que por amor muitas dores foram absorvidas causando vários emaranhados em nossa família. Muitos foram excluídos vivos e mortos, vejo todos vocês e posiciono em seus devidos lugares recebendo a vida que vem através de cada um de vocês.

Aproveito a oportunidade para honrar a energia masculina e feminina em nosso sistema, que muitas vezes foram ignoradas ou sobrecarregadas causando desequilíbrio e feridas nas relações.

Mas, quando esse feminino estava conectado a sua essência pela espiritualidade, intuição, a magia dos chás e a sabedoria da ancestralidade feminina era sempre encantador.

Compartilho a história da minha vozinha materna que morando em outro estado e intuitivamente sempre pressentia quando íamos chegar a sua casa, muitas vezes com a mesa pronta.

Em outros momentos sentia acontecimentos como acidentes ou até mesmo morte de pessoas da família. Sempre foi uma mulher humilde, educada, generosa, amorosa e trabalhadora, uma referência para todos da família. A minha avó paterna não tive a oportunidade de conhecer nesse plano, mas sinto seu amor presente em minha caminhada.

Porém, a força desse feminino em alguns momentos esteve em desequilíbrio e peço perdão ao meu paizinho que partiu e que em muitas vezes na presença das três filhas e minha mãe silêncio. Gratidão imensamente pela vida.

Meu coração é pura gratidão e reverência aos meus ancestrais. Eu vejo e honro a todos.

 

 

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você