[ editar artigo]

CARTA AOS MEUS ANTEPASSADOS

CARTA AOS MEUS ANTEPASSADOS

 

Queridos antepassados, tenho grande satisfação por hoje conversar com vocês. Saber que faço parte e tenho em mim um pouquinho de cada um, me deixa imensamente feliz.

Sei pouca coisa de vocês bisavós, trisavós, porém conheço um pouco da história dos meus avós paternos trazidos pelas lembranças lindas faladas por meu pai.

A família Pires veio de Portugal e uma parte se fixou aqui no Ceará.

Vozinho e vozinha nasceram e se criaram no campo, nas terras do sertão de Canindé e serra de Baturité.

Eram fervorosos na fé e amavam a terra como dádiva de Deus.

Ao lembrar o respeito e amor a mãe natureza revelada nas conversas com meu pai vejo, muitos traços de vocês em mim.

Dessa forma, gratidão por hoje eu amar a natureza, gostar do mato, do cheirinho da andiroba, angico, carnaúba, cajueiro (mesmo tendo alergia), cajazeira, milho verde, feijão de corda, mandioca, macaxeira.

Ah! São tantas espécies neste “Cearazão” que fico lisonjeada por vocês terem colocado a mão na massa para cuidar e alimentar seus filhos.

Assim, digo muito obrigada meus queridos avós paternos por ter me presenteado com o meu pai, um tesouro muito especial.

A história dos meus avós maternos foi contada por minha mãe e presenciada alguns momentos pela vivência que tive com eles indo a fazenda quando criança.

A família Cunha veio de Portugal e uma parte chegou ao Ceará.

Meus avós se conheceram quando ele retornou da Amazônia onde foi buscar sucesso nos seringais e voltando para sua terra natal queria se casar.  

Lembro de uma história contada por mamãe que você era a filha mais nova de minha bisavó, que tinha ficado viúva, com três filhas.

E que ele te escolheu apesar de ser muito jovem. Para viver na cidade comprou muitas terras e se estabeleceu como fazendeiro especialmente na fazenda Amargosa situada no município de Itatira-CE, lugar lindo e de muitas recordações.

Hoje assentamento santa Terezinha.

Lembro de você vozinho tão fervoroso gostava de brincar, rezar, construiu até uma linda capelinha em homenagem a santa Terezinha, era um homem de muita fé.  

Recordo dos seus afagos, sentar no colo, olhar para o céu, e pegar na minha mão para conhecer a santa.

Foi nesta capela que eu e mais quinze netos, fizemos a primeira comunhão, uma festa linda, em homenagem aos seus 80 anos de existência.

Quanta saudade do aroma das rosas em volta da capelinha.

Não esqueço de você afirmar que sentindo o cheiro daquelas rosas teríamos saúde de corpo, alma e espírito.

Um ano depois você se foi para juntinho de Deus.

O tempo passou, e as terras, fazendas tudo que construístes se foi depois que você morreu.

Apesar disso, fico feliz pois sei que estás também, a fazenda Amargosa o seu torrão está sendo bem cuidado e a capelinha permanece acolhendo a fé de muitos que hoje vivem naquele paraíso.

Não esqueci de você minha vozinha querida, não poderia deixar de expressar o sentimento de gratidão por ter dado exemplo de mulher de fibra que se perpetuou na minha mãe e hoje na minha filha.

Lembro de você como mulher trabalhadora, forte, destemida e muito rigorosa.

A vocês queridos avós paternos e maternos a minha saudade e gratidão por me ter mimoseado com pérolas raras.

Meu pai e minha mãe, homem e mulher de palavra, de exemplo de tudo o que é bom.

Queridos antepassados das gerações dos meus avós, bisavós, trisavós.

Quero deixar a minha alegria de ter conversado e pedido perdão por tudo o que possa ter ficado sem respostas e soluções que deveriam ter sido resolvidas junto a vocês.

Como descendente desejo a todos a certeza de que existe alguém que olha e enxerga vocês com amor de mãe.

Aquele amor que corre para colocar no colo o filho assustado numa noite escura de chuva com trovões.

A vocês queridos, minha reverência que aprendi o significado com as aulas e vivências da escola real.

Aos meus pais só saudade, do cheiro, da sapiência, do cuidado, do amor, da firmeza e da rigidez quando necessário.

A todos vocês meus antepassados um abraço afetuoso, um beijo gostoso, eu vejo vocês.

Gratidão!

 

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você