[ editar artigo]

CARTA AOS MEUS ANTEPASSADOS

CARTA AOS MEUS ANTEPASSADOS

Olá meus queridos antepassados..

São quase 38 anos para aparecer por aqui e agradecer a vocês por tudo que sou até aqui e por tudo que seremos de hoje em diante.

Talvez minha missão nessa vida seja transmutar toda história de luta e bravura em palavras de amor. Talvez não, sei que farei isso por todos nós.

Olho para vocês, olho para tudo que vocês viveram, e me sinto muito grata por pertencer a este sistema.

Sinto fortemente que tudo que foi vivido e novamente experienciado por mim veio para meu aprendizado, para meu fortalecimento, veio para me tornar a mulher que sou, aquela que tira as pedras do caminho e planta flores.

Quando vivi o abandono, entendi que era preciso olhar para isso com olhos generosos, abandonar pode ter doido muito mais do que ser abandonado. E hoje, luto bravamente para manter relações saudáveis onde ninguém precise passar pelo que passamos.

Quando vivi depressão, soube olhar para a dor que vocês enfrentaram, em épocas onde tamanha tristeza nem era compreendida, e vejo o privilégio de transformar essa dor em uma força curadora.

Quando me senti desconectado do mundo, diferente da maioria, senti na pele o quanto vocês sofreram para defender seus pontos de vista, e hoje me sinto livre para viver e expor os meus.

Vocês me trouxeram herança genética germânica, que além dos olhos claros tem a força, a bravura, a honestidade, o prazer pelo trabalho, a proteção familiar, mas que as vezes esquecia dos momentos de diversão... essa busca por perfeição e pela entrega do melhor sempre foi algo que vivenciei, mas hoje, além disso, trago a leveza de poder equilibrar estes momentos tornando-os agradáveis.

Vocês me carregaram de doçura e AMOR.

Ah, talvez esse amor que vive dentro de mim ainda irá despertar um amor muito lindo nas pessoas.

Vocês fizeram eu passar por um processo de separação, e eu aprendi que o amor não pode obrigar ninguém a manter um relacionamento. Aprendi que finais de ciclos são oportunidades de novos começos e, aprendi a honrar todas experiências vividas, porque sei que todas foram certas para mim e para meu desenvolvimento.

Fui crescendo, amadurecendo, e trazendo vocês comigo num lugar de amor, livre de mágoas e chateações, num lugar de Respeito e Ordem, livre de cobranças.

Hoje olho para mim com um sentimento extremo de gratidão, porque finalmente consegui colocar para o mundo o AMOR que vivia escondido em mim, o amor que muitos de vocês sonharam viver, o amor que é manso, que acalma, que traz paz, o amor que ensina que somos o que a gente espalha e não o que a gente junta, o amor que alegra os dias, que faz sentir saudade em minutos de ausência, o amor que supera barreiras, diferenças, dificuldades, o amor que veio da Costela de um homem, o amor que vocês me ensinaram a viver e esperar.

Obrigada por serem raiz forte e alimento potente.

Obrigada por me tornarem o ser humano que sou.

Me desculpem se em algum momento vocês não foram incluídos ou honrados.

Eu incluo vocês, eu honro vocês, eu venho de vocês, eu sou vocês!

Vocês vivem em mim e seguem comigo nesta trajetória de vida.

Gratidão queridos antepassados.

Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grata.

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você