[ editar artigo]

CARTA AOS MEUS DESCENDENTES

CARTA AOS MEUS DESCENDENTES

Quero escrever para meus filhos, netos, bisnetos... sobre o quanto tenho trabalhado para deixar um caminho livre e próspero para vocês. Sempre tive muita convicção que devemos ser uma versão melhorada de nossos pais.

Há algum tempo venho trabalhando para ter uma vida saudável e significativa, estudando para compreender todas as memórias transgeracionais que não foram olhadas e honradas.

O caminho está sendo árduo e longo, mas muito verdadeiro, com detalhes de riqueza infinita. Descrevo tudo isso para demonstrar a vocês (descendentes) que a vida vale à pena, que a vida precisa ter propósitos. Precisamos ser a cada dia mais conscientes do mundo em que vivemos. 

Não podemos deixar que a vida nos guie, mas tomar as rédeas, dar a direção, com nossas ações e atitudes.

Quero deixar muitas lembranças boas para vocês. Espero que, quando vocês se lembrem de mim, venham memórias de felicidades, de carinho, aconchego. Eu não conheci meus bisavós, e alguns avós. Espero que tenham esta experiência na vida de vocês. 

Percebo que meu trabalho nesta vida é multiplicar a cada dia amor na vida de vocês, fazer com que todas as energias pesadas de nossos sistema familiar possam ser transmutadas em honra e reverência consciente. Tudo que passou não foi em vão, mas já passou. Hoje podemos viver em paz e amor através de uma vida saudável e significativa.

Quero dizer que sempre estarei com vocês para ajudar a fortalecer a razão pela qual escolheram viver, seus objetivos e suas escolhas.

Desejo, do fundo do meu coração, que vocês sejam muito felizes e prósperos na vida.

Deixo o caminho aberto para as vivências que a vida proporcionará a todos vocês. Que não falte nada a todos os meus descendentes. 

Amo todos vocês mesmo que ainda não os conheço.

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você