[ editar artigo]

CARTA AOS MEUS DESCENDENTES

CARTA AOS MEUS DESCENDENTES

Queridos descendentes, iniciei o curso na escola real, formação real em constelações sistêmicas em dezembro de 2021 online (F3), com a professora Olinda Guedes, mas como ela diz: é online mas é real.

Sempre fui um pouco resistente a estudo a distância devido à dificuldade de lidar com as modernidades relacionadas à tecnologia, mas entendo que os medos precisam ser vencidos.

Há mais ou menos dois anos, assisti um filme, indicado por um irmão Miguel, e a partir daí fui instigada a buscar o real significado da palavra  pertencimento dentro de um sistema e a influência dos nossos antepassados no aqui e agora.

O filme nos ensina muito sobre as questões de : gratidão, hierarquia, ordem e honra aos antepassados.

O filme é : viva, a vida é uma festa, e nos últimos dias a professora também sugeriu esse filme.

Sempre senti que me faltava algo acerca dos mistérios da vida, e um pouco antes de iniciar o curso, assisti uma imersão de 4 noites ministrada por Olinda Guedes que até então nunca tinha ouvido falar.

O conteúdo me surpreendeu, parece que algo me completou e percebi que o filme foi apenas um gatilho para essa grande jornada de aprendizado e cura individual e coletiva de todo um sistema.

Participei das 4 noites e fiz minha inscrição no curso, conto com apenas 4 meses de estudos, mas percebo que se tivesse tido essa oportunidade de conhecimento a mais tempo, certamente seria um ser humano melhor.

Hoje compreendo que herdamos tudo dos nossos antepassados, não é só semelhança física, talentos ou bens materiais, mas também suas noites escuras carregadas de dor e sofrimento.

Aprendi que todos somos um, pertencentes do mesmo sistema.

Me esforço para participar de todos os encontros, opino pouco talvez por timidez ou receio de falar algo fora do contexto.

A partir do momento que iniciei o curso, busquei informações dos avós e bisavós, embora não tenha conhecido todos, me deu condição de montar a árvore genealógica com a ajuda de algumas pessoas.

As descobertas foram incríveis, inclusive de não nascidos que de acordo com a constelação , precisam ser incluídos.

Nessa jornada de estudo, compreendi um pouco sobre a dinâmica dos sintomas, e também, que se algo está desproporcional ao contexto, é porque a resposta está lá atrás.

E a constelação sistêmica proporciona ferramentas capazes de resolver essas questões que aparentemente não tem solução.

Estudar esse tema é de muito proveito para quem tem disposição e curiosidade compreender os porquês.

Aquele que se propõe a buscar esse conhecimento, está de certa forma dizendo para o sistema: agora eu sei, eu te vejo.

É importante compreender que todos pertencem,  e para que sejamos completos e felizes precisamos reverenciar, honrar, agradecer e incluir todos, olhar o passado com amor, sem julgamento.

Além das aulas gravadas, têm também os encontros ao vivo pelo zoom e indicação  de leituras que complementam o aprendizado.

Sinto que hoje sou uma pessoa com pensamentos e atitudes mais humanas, pois ou conteúdos são muito ricos, de fácil entendimento e clareza na explanações   por parte da professora.

Também existe um grupo muito colaborativo que auxilia uns aos outros, ou seja, somos uma comunidade.

Os conteúdos sobre constelação sistêmica aguça a vontade de querer saber mais, gosto muito das constelações em grupo, da qual participei por duas vezes, é muito envolvente, e o mais surpreendente é a questão do campo, é fascinante como o campo informa.

E toda essa gama de conhecimentos e aprendizados só é possível graças ao mestre e criador das constelações sistêmicas, o escritor alemão Bert Hellinger, que transformou essa técnica terapêutica num estilo de vida.

Agora eu sei que por meio da constelação sistêmica    é possível curar os sofrimentos e traumas do passado, e ao mesmo tempo liberar as futuras gerações.

Esse registro tem o objetivo de incentivar meus descendentes a continuar buscando conhecimentos, investigando, honrando e trabalhando para o sistema com muito respeito, humildade e amor, e o mais importante, sem julgamento.

Outro aspecto que aprendi é que podemos resolver a nossa vida a partir dos 4 movimentos que curam:

1- Concordar, dizer sim;

2- Agradecer, pois a gratidão abre porta;

3- Pedir o que precisa, nada além do necessário, pedir é promessa divina;

4-Reparar os danos causados, é necessário o arrependimento, a sinceridade, arrepender-se leva à mudança de atitude e direção.

A vida dá chance todos os dias para sermos felizes, porque pelo olhar sistêmico, tudo tem cura.

Os nossos antepassados permanecem em nós, na nossa história genética, e tudo tem uma justa razão para acontecer.

Esse registro foi sugerido pela professora da escola real Olinda Guedes que sempre diz: Quem se importa, serve, e quem serve se importa.

 Aula de 17/04/2021.

                                                                  

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você