[ editar artigo]

COMO SE RELACIONAR MELHOR?

COMO SE RELACIONAR MELHOR?

Simplesmente abraçando as causas que se vale a pena viver e se conectar e deixando ou libertando  aquilo que não te completa.

E o que é completar? É viver de acordo com aquilo o que faz sentido para você.

Provavelmente você vai pensar que não é tão simples assim se relacionar.

Realmente te confirmo não é fácil, mas sim é simples!

Vejo muitas pessoas reclamar sobre as outras, sobre a vida, seus parceiros, seus pais, seus filhos, os irmãos, os professores, os amigos, o sistema... e porque tanta reclamação? É só aprender o melhor modo de se relacionar com essas pessoas: o que te conecta a elas?  Nós é quem escolhemos estar nos relacionamentos que estamos e como vamos nos relacionar, seja de  forma passiva ou ativa.

E sabe os quais você vai gostar de vivenciar? Aqueles nos quais há reciprocidade, respeito, olhar, e atenção de ambas as partes,  pois todos os relacionamento se fazem por 2 ou mais pessoas, nenhum relacionamento se faz sozinho.

Por isso para se relacionar é preciso atenção, atenção para analisar pelo que vale a pena viver, qual a melhor forma, se faz sentido manter este relacionamento e como você pode melhorar  as relações acontecem na sua vida, alguns relacionamentos não podemos ignorar, mais podemos escolher a melhor forma de acontecer, se você tiver autoconhecimento vai entender melhor como lidar consigo e com o outro.

O grande X da questão é que vejo pouca reflexão, pouco o olhar para dentro, pouca auto analise, pouca vontade de se reconhecer, ser e fazer melhor, relacionar- se não é sobre olhar e apontar o dedo para o outro, mas sim para si, para viver e se alegrar.

E para ter bons relacionamentos é preciso se conhecer, estar atento ao que você pode dar e ao que se pode ou se quer receber disto.

Constelar é mudar a visão e a atitude de quem somos, não mudar ao outro. O outro muda quando nós mudamos. Precisamos aprender a olhar o papel de cada pessoa na nossa vida, e respeitar o papel de cada pessoa que passa por você, sempre em via de mão dupla com Respeito, Solidariedade, Honestidade, Pertencimento, Responsabilidade, Reciprocidade, ternura, gentileza. E se a pessoa não te olhar desta forma na qual você gostaria?

Diga a ela com amor e gentileza como gostaria de ser tratada ou porque se sentiu desrespeitada, diminuída, veja se a atitude dela não foi uma reação de sua própria atitude.

Já parou para pensar que tudo pode se resolver em uma simples conversa, respeitosa, sem ego ou emoções afloradas?

Ninguém nos desrespeita, agride ou vai além se não dermos permissão!
E só damos permissão se aceitamos, ensinando ao outro que tudo bem te dar menos ou te tratar assim, você não falou, não se impôs, foi passivo.

E o disfuncional não se sustenta, ou não se sustenta de forma equilibrada; é por isso que os relacionamentos não dão certo, pois houve uma permissão sem um ponto, sem uma boa conversa, sem um alinhamento, ou porque os valores mudaram, pode acontecer.

Quando amamos com o coração, podemos até fazer algo que não gostamos ou não nos dá tanto prazer, por uma exceção ou por saber que aquilo é importante ao outro, ou que vai ser importante você estar em alguns momentos mesmo que para você não seja.

É abrir mão do ego para abraçar uma causa maior que se sabe que vale a pena, é visando solidificar aquela união ou elo, é ter disposição, respeito, atenção, gentileza, empatia,... são os pequenos detalhes que sustentam os relacionamentos, é o perceber, e estar na relação de corpo presente, não só por estar, não aceitando migalhas.

Relacionar-se é encontrar a alegria de viver de forma harmoniosa no que cada um pode dar, é reciprocidade. 

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Beatriz Bristotti Bovo
Beatriz Bristotti Bovo Seguir

Uma pequena muda no jardim do mundo, redescobrindo e (re) aprendendo o que é viver sem medos, julgamentos e com plenitude através dos aprendizados sistêmicos

Ler conteúdo completo
Indicados para você